Brasil divide grupo com Catar, Equador, Peru e Venezuela na Copa América de 2020

0
317

A Seleção Brasileira conheceu nesta terça-feira (03) a sua trajetória na Copa América 2020. Em sorteio realizado em Cartagena, na Colômbia, foram definidos os grupos da competição continental. O Brasil ficará na mesma chave que Catar, Equador, Peru e Venezuela, além dos próprios colombianos.

A Copa América começa para o Brasil no dia 14 de junho, contra a Venezuela, em Cali. Depois, é a vez de enfrentar o Peru, no dia 18, em Medellín. A tabela segue com duelos com o Catar (23) e a Colômbia (27), em Barranquilla, e se encerra com o confronto entre Brasil e Equador no dia 1º de julho, em Bogotá.

Coordenador da Seleção Brasileira, o pentacampeão Juninho Paulista ressaltou a força da Copa América, e ainda revelou que vê com bons olhos o revezamento do Brasil por diferentes cidades da Colômbia.

“É uma competição difícil, temos que valorizar muito. Já começamos a Copa América. Os quatro jogos são no ano que vem, mas o trabalho da logística já tem início hoje. Vamos viajar pela Colômbia e com certeza seremos bem recebidos em todas essas cidades”, disse.

Presente em Cartagena para o sorteio, o auxiliar técnico César Sampaio avaliou positivamente o resultado do sorteio e mostrou confiança na Seleção Brasileira.

“Nós já tínhamos uma prévia do grupo, o mais importante era a distribuição e os locais dos jogos. Em termos de logística, viajaremos um pouco mais, mas isso é tranquilo. Estamos confiantes. Temos a possibilidade de fazer uma boa preparação e vejo o Brasil com grandes chances na competição”, analisou.

Atual campeão da Copa América, o Brasil vai até a Colômbia para defender seu título. A competição será sediada pelos cafeteros e pela Argentina, que recebe o outro grupo da primeira fase. O outro grupo será composto por Argentina, Austrália, Bolívia, Chile, Paraguai e Uruguai. Austrália e Catar são as duas seleções convidadas para esta edição da Copa América. A partir das semifinais, todos os jogos serão disputados na Colômbia.

A Seleção Brasileira foi representada no sorteio por seu coordenador, Juninho Paulista, o auxiliar técnico César Sampaio, além de Luis Vágner, supervisor, Hamilton Corrêa, administrador, e Aloísio Rocha, chefe de segurança da equipe. A CBF ainda contará com mais dois vice-presidentes no evento: Fernando Sarney e Marcus Vicente.

Tabela da Seleção

  • 14 de junho – Cali
    Brasil x Venezuela
  • 18 de junho – Medellín
  • Brasil x Peru
  • 23 de junho – Barranquilla
  • Brasil x Catar
  • 27/6 – Barranquilla
  • Brasil x Colômbia
  • 1º/7 – Bogotá
  • Brasil x Equador
Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação