Brasil perde para os Estados Unidos e fica com Medalha de Prata na Vôlei Feminino

0
138

Meninas do Brasil perderam três sets da partida contra EUA

A Seleção Feminina de Vôlei conquistou a última medalha do Time Brasil nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, coroando uma campanha histórica. A equipe comandada pelo técnico José Roberto Guimarães ficou com a Prata após ser derrotado na final pelos Estados Unidos, neste domingo (08), por 3 sets a 0, com parciais de 25/21, 25/20  e 25/14. A Sérvia terminou com o bronze.

O vôlei feminino do Brasil havia subido ao topo do pódio em Pequim 2008 e Londres 2012 e tem ainda dois bronzes de Atlanta 1996 e Sydney 2000.

Com a confirmação da prata do vôlei feminino, o Time Brasil fecha sua participação com 21 medalhas, um recorde – o melhor desempenho até então haviam sido os 19 pódios no Rio 2016. Os brasileiros conseguiram 7 ouros, 6 pratas e 8 bronzes no Japão.

A conquista é ainda um marco para a campanha das mulheres em Tóquio. Neste ano, elas amealharam mais pódios do que nunca. Foram 3 ouros, 4 pratas e 2 bronzes femininos em solo japonês.

No Japão, a equipe de Zé Roberto terminou a fase de grupos na primeira colocação, invicta, e encarou o Comitê Olímpico Russo nas quartas de final. Na semifinal, derrotou a Coreia do Sul e se credenciou para a decisão. Os Estados Unidos, por sua vez, chegaram à final com uma derrota para o COR.

Neste domingo, os Estados Unidos se mostraram mais consistentes durante todo o jogo.

O time americano começou melhor, com um bom saque que dificultava o passe do Brasil e facilitava seu trabalho de bloqueio e contra-ataque. Logo abriu 6 a 1.

A equipe brasileira demorou um pouco a se encontrar, mas com o saque melhor, mais atento e contando com erros do adversário, encostou: 7 a 6.

As americanas, no entanto, voltaram a impor pressão nas brasileiras, mostraram um bom volume de jogo e retomaram a vantagem. O time verde e amarelo chegou a encostar algumas vezes no placar, mas não encontrou espaço para reagir e acabou derrotado por 25 a 21.

O Brasil começou o segundo set sacando melhor -apesar de alguns erros- e com o bloqueio mais bem posicionado. Os Estados Unidos, no entanto, voltaram logo a encaixar o saque, dificultando a recepção e a armação das jogadas das brasileiras. Após começarem atrás no marcador, viraram para 6 a 4 e conseguiram abrir uma vantagem bastante confortável, que chegou a nove pontos. O time nacional ainda ensaiou uma reação, mas como no primeiro set, não conseguiu virar: 25 a 20

A terceira parcial começou equilibrada, mas novamente o time americano dominou completamente a partida e fechou com tranquilidade em 25 a 14 para conquistar o ouro.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação