Campanha mostra que primeiros 153 dias são para pagar impostos

0
200
Impostômetro chegou a R$ 900 milhões no início da tarde

Com o mote “Na Austrália já é ano novo. No Brasil ainda faltam 153 dias”, a Associação Comercial de São Paulo (ACSP) lança no dia 01 de janeiro de 2020, a campanha “Novo Ano Novo”.

A ação quer conscientizar os brasileiros ao mostrar que durante 153 dias do ano são trabalhados para pagar impostos e que apenas a partir do dia 02 de junho que o ano começa. A iniciativa também engloba uma petição on-line disponível no hotsite https://novoanonovo.org/.

Com um milhão de assinaturas, a ACSP levará ao Congresso Nacional um Projeto de Lei de Iniciativa Popular para oficializar o dia 02 de Junho como feriado nacional, assim como o dia 01 de janeiro. Para a Associação transformar a data em feriado nacional é uma forma de ressaltar o valor pago em impostos até a data.

Em 2019, o Impostômetro da ACSP fechou o último dia do ano com a marca de R$2,5 trilhões pagos em impostos.

“Hoje o Brasil é um dos países que mais cobra impostos, perdendo apenas para Dinamarca, França e Noruega, mas ao contrário do que acontece nesses países, aqui a taxa de retorno sob impostos ainda é mínima”, explica Alfredo Cotait, presidente da ACSP.

Além do hotsite e da petição, a Novo Ano Novo  também incluirá anúncios nos principais impressos do Brasil, ações de engajamento nas redes sociais e conteúdos exibidos na Elemídia.

“Consideramos relevante mostrar essa informação para a população para que ela entenda a importância de saber o que é esse dinheiro e como ele impacta a todos. Com esse dinheiro, uma família poderia receber 10 salários mínimos por mês durante 22.277.249 anos e muitos não fazem a menor ideia disso”, finaliza Cotait.

Sobre a ACSP: A Associação Comercial de São Paulo (ACSP), em seus 125 anos de história, é considerada a voz do empreendedor paulistano. A instituição atua diretamente na defesa da livre iniciativa e, ao longo de sua trajetória, esteve sempre ao lado da pequena e média empresa e dos profissionais liberais, contribuindo para o desenvolvimento do comércio, da indústria e da prestação de serviços. Além do seu prédio central, a ACSP dispõe de 15 Sedes Distritais, que mantêm os associados informados sobre assuntos do seu interesse, promovem palestras e buscam soluções para os problemas de cada região.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação