Carbon atinge maior volume de blindagem de carros para uso civil em um único mês

82

Brasil tem mais de 70% dos veículos blindados globalmente

Somente em setembro, a Carbon Blindados, principal blindadora de veículos civis do mundo, finalizou a blindagem de 421 carros para uso civil. A companhia responde por cerca de 20% do mercado brasileiro e o número alcançado representa o maior volume nacional de blindagem em um único mês.

O Brasil responde por mais de 70% dos veículos que são blindados globalmente.

Entre os meses de janeiro e setembro deste ano, a Carbon Blindados atingiu um faturamento de R$240 milhões e a projeção é de atingir R$320 milhões até dezembro, o que irá representar um crescimento de 45,45% em relação ao faturamento do ano passado.

Dados mais recentes da Associação Brasileira de Blindagem (Abrablin) mostram que vem crescendo no Brasil a procura por carros blindados. Segundo a entidade, somente no ano passado, foram blindados no País 20.024 veículos, o que representa crescimento de 45% em comparação com 2020.

Alessandro Ericsson, CEO da Carbon Blindados, ressalta que o expressivo valor vem acompanhado pelas mudanças estratégicas que vêm sendo realizadas.

“A experiência do cliente é um ponto que estamos investindo muito, para isso, estamos implementando a digitalização em diversas áreas da fábrica, o que melhora nossos processos produtivos. Outra ação fundamental é a criação de uma área exclusiva para atendimento aos nossos clientes, para que possamos oferecer uma comunicação mais simples e direta”, explica Ericsson.

Sobre a Carbon Blindados – Fundada em 2015, a Carbon é a principal blindadora de veículos civis do mundo. A empresa é a blindadora oficial global da montadora Volvo, que traz seus veículos ao Brasil para depois reexportá-los. Possui, ainda, certificação para modelos Jaguar, Land Rover e Toyota, além de ter realizado a primeira blindagem de um carro elétrico no mundo, um Tesla, em 2016.

A produção recorde de 3 mil veículos em 2021 equivale a 20% das blindagens de carros no Brasil, percentual que é mais que o dobro da segunda do mercado (7%). A projeção da empresa é chegar a blindar 6 mil carros por ano até 2024.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui