Carlos Brandão analisa as ações do governo para colocar o Maranhão nos trilhos do desenvolvimento

0
283

O caminho do desenvolvimento segue sendo construído

CARLOS BRANDÃO*

Uma das prioridades de nosso Governo, desde que assumimos em 2015, sempre foi resgatar a dignidade dos maranhenses. Proporcionar-lhes oportunidades de crescimento. Nesse sentido, temos investido muito em setores essenciais, como a educação. E com um prazer imensurável.

O mesmo prazer com que homenageamos, esta semana, 74 estudantes da rede pública estadual de ensino, premiados nas Olimpíadas do Conhecimento – nível nacional. Essas competições, que abrangem áreas diversas, como matemática, física ou mesmo robótica,  são um grande incentivo para o surgimento de futuros pesquisadores. Para nós, o evento de entrega desse reconhecimento por suas conquistas serve como estímulo para que outros estudantes se envolvam, dia após dia, com a busca pelo conhecimento.

Somos convictos de que a Educação transforma e prepara nossos jovens para os desafios que um estado em busca de seu desenvolvimento tanto almeja. Assim, pensando sempre no bem que o progresso pode trazer – mas com a responsabilidade de salvaguardarmos nosso meio ambiente, patrimônio eterno de nossa gente -, sempre procuramos trabalhar o desenvolvimento de nosso estado de maneira sustentável. Afinal, estamos na Amazônia Legal. E cuidar da Amazônia é um dever de todos.

Temos uma grande preocupação com que tipo de estado estamos deixando para as próximas gerações. Tanto que o governador Flávio Dino, como presidente do Conselho da Amazônia Legal, coordena uma ação com foco na transição para uma economia verde, orientada por objetivos econômicos, sociais e ambientais: o Plano de Recuperação Verde (PRV). O seu maior desafio é promover um desenvolvimento regional sustentável que gere emprego e renda e melhore a infraestrutura e a qualidade de vida da população, não só do Maranhão, mas de toda a região. É isso que queremos. É por isso que lutamos.

Quando se fala em “desenvolver”, instituições como a Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), são parceiras imprescindíveis. Focado nisso, fiz questão de participar – representando o governador – do evento “Sudam nos estados – Diálogos com quem promove o desenvolvimento regional da Amazônia”, realizado esta semana, em nossa capital. Este é um bom momento para se ampliar a capacidade de fomentar novos investimentos. Principalmente se conseguirmos diminuir a burocracia e a falta de conhecimento das possibilidades que os empresários possuem, com carteiras de crédito à disposição.

Participar do encontro foi também importante para que pudéssemos conversar sobre os tantos projetos, relacionados ao Maranhão, que estão dentro do Plano Regional de Desenvolvimento da Amazônia – PRDA 2020-2023, organizado pela Sudam. Certamente, gostaríamos muito de vê-los contemplados e finalizados.

Estão lá: a duplicação da BR-135; a construção da ferrovia Estreito/Balsas; a construção do Complexo Pesqueiro de São Luís; o fortalecimento do programa Escola Digna e muitos outros. Afinal, são 27 projetos no total.

Temos certeza de que nossa bancada de deputados federais, que já atua de maneira exitosa, nos ajudará nesses encaminhamentos, para que possamos continuar construindo o caminho para um Maranhão cada vez mais forte economicamente e socialmente mais justo.

*Vice-Governador do Maranhão

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação