Lula reafirma a Chico Buarque e Martinho da Vila sua candidatura a presidente

0
824

O ex-presidente Lula recebe nesta quinta-feira (02), na carceragem da Polícia Federal em Curitiba (PR), onde cumpre pena por crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheoro, a visita dos cantores e compositores Chico Buarque e Martinho da Vila. Segundo a senadora Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT,  os falaram do sucesso do Festival Lula Livre  e comentaram sobre os movimentos que os artistas estão fazendo para exigir a liberdade do ex-presidente.

De Chico Buarque, Lula recebeu um exemplar do livro “Comentários a uma sentença anunciada: o processo Lula”, assinado por diversos juristas e coordenado pela professora de Direito internacional da UFRJ Carol Proner.

O ex-presidente pediu que a dupla gritasse ao que ele é “candidatíssimo”, a presidente da República. De acordo com a presidente do PT, Lula “brincou o tempo todo com eles (Chico e Martinho) e ficou super feliz de saber do Festival e dos movimentos que o povo está realizando no país”, afirmou.

Chico Buarque disse que Lula declarou não estar disposta a “trocar sua dignidade pela liberdade” e que ele está muito bem disposto e decidido a ir até o fim. “Ele disse que é candidato! Estou sem condições de falar, a gente fica muito emocionado quando fala com ele”, disse Martinho da Vila.

Chico Buarque aproveitou para criticar a postura da juíza Carolina Lebbos de vetar os pedidos de entrevistas feitos pela imprensa. “O correto seria a imprensa falar diretamente com ele ao invés de ter porta-voz. Por que a imprensa não tem acesso a ele? O ‘cala a boca’ já morreu. Os grandes jornais deveriam insistir em vir aqui e entrevistar. Será que a juíza diria não à Globo?”, questionou Chico.

(Com dados e imagens da Agência PT)

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação