Cinco promessas que podem despontar no Campeonato Maranhense

0
697

No sábado, a bola rola nos gramados de São Luís, Barra do Corda e Imperatriz dando início ao Campeonato Maranhense de 2017. Nas oito equipes que estão em busca do título, além de velhos conhecidos, há jogadores que podem aproveitar o Estadual para surgirem como revelações no torneio.

Em 2016, Gileard, com a camisa do MAC foi o destaque dentre os novatos. Agora em 2017, Fernandinho chega como o principal candidato, mas acompanhado por nomes como Samuel e Maurício, do Americano, Lucas, do Imperatriz e Cleber Pereira, do Moto.

Veja quem são:

Fernandinho (19 anos – Sampaio)
Com 12 jogos no profissional, Fernandinho disputará o seu primeiro Campeonato Maranhense. O atacante, que pode atuar tanto nas pontas, como centralizado, é o principal candidato para fechar o torneio como o jovem destaque.

Maurício (18 anos – Americano)
O mais novo da lista, o meia foi um dos raros destaques no Araioses em 2016, com seus 17 anos. Apesar do bom drible e passe, vestirá a camisa do Americano e, apesar de começar o torneio como uma das opções no banco de reservas, poderá ter suas chances no decorrer do Estadual.

Samuel (19 anos – Americano)
Começou no Sampaio, teve uma passagem relâmpago no São José e se firmou no Americano. Autor de quatro gols na Segundinha de 2016, Samuel é a grande aposta da Águia no Campeonato Maranhense, para tentar surpreender no torneio.

Lucas (20 anos – Imperatriz)
Um dos destaques do Sampaio na Copa São Paulo de 2016, o atacante Lucas chegou ao Imperatriz para integrar o time sub-20 na Copa do Nordeste. Com bom aproveitamento na base, foi promovido para os profissionais e terá suas primeiras oportunidades no Estadual.

Cleber Pereira (19 anos – Moto)
Com um nome que já traz responsabilidade, o novo Cleber Pereira não tem nenhum parentesco com o histórico atacante maranhense, também revelado no Moto. Artilheiro na Copa Cefama em 2016, foi promovido aos profissionais e é uma das alternativas no elenco comandado por Ruy Scarpino.

 

Futebol do Maranhão

Compartilhe