Para Ciro Gomes, candidatura de Lula seria fraude, pois é inelegível

0
898

Em entrevista ao programa O É da Coisa, apresentado pelo jornalista Reinaldo Azevedo, na Band News FM, o candidato a presidente Ciro Gomes (PDT), em torno do qual o governador Flávio Dino (PCdoB) defende uma aliança de partidos de esquerda em substituição à candidatura do ex-presidente Lula (PT),  disse, nesta sexta-feira (27), que “o PT está fazendo uma estratégia que faz o país dançar na beira do abismo”. A notícia é do Portal Poder360.

A declaração é uma referência à decisão do partido de manter o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como pré-candidato ao Planalto, mesmo preso em Curitiba (PR), onde cumpre pena pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Ciro foi mais contundente em suas críticas aos planos do PT quando afirmou que uma candidatura de Lula seria uma fraude, por ir contra a Lei da Ficha Limpa, que impede condenados em segunda instância de se candidatarem a cargos eletivos. Vale destacar, no entanto, que ainda ainda cabe recurso da defesa de Lula aos tribunais superiores.

Apesar das críticas ao planos do PT, o ex-ministro disse ser contra a prisão do ex-presidente e explicou a declaração dada ao jornalista Itevaldo Júnior, à TV Difusora, de que sua eleição como presidente é a única “chance de Lula ser solto”. Segundo ele, trata-se de uma opinião sua e não de uma ação que faria caso seja eleito.“Eu não tenho a faculdade de soltar o Lula, mas tenho opinião. Eu acho injusta. Não se condena por conjunto indiciário, só com prova”.

O PDT de Ciro Gomes e o PT de Lula disputam o apoio dos outros partidos da esquerda, dentre eles o PCdoB, que só vai definir sua posição em sua convenção nacional dia 1º de agosto. Já o PSB marcou a convenção para dia 05 de agosto, último dia do prazo estabelecido pele TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

A convenção nacional do PT, marcada para 04 de agosto, oficializará a pré-candidatura de Lula. O PSOL já oficializou a candidatura de Guilherme Boulos.

(Com dados do Poder360)

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação