Clientes da Amil podem celebrar acordo na Justiça até às 18h desta segunda-feira

0
430

Usuários do plano de saúde Amil podem celebrar acordos até às 18h desta segunda-feira (30), no Centro de Conciliação do Fórum de São Luís, no Calhau, em audiência em que a empresa figura como requerida em 63 processos, com grandes chances de acordos entre as partes.

A primeira audiência do dia foi com a senhora Gracielle Coelho, que celebrou um acordo com a Amil e ficou muito satisfeita, em razão não somente do valor negociado, como também pela forma como foi conduzida a audiência de conciliação.

“Apresentei uma proposta para finalizar o processo e, rapidamente, foi aceita, com a empresa demonstrando interesse em realmente resolver a questão”, destacou Gracielle.

Em pauta estão processos em trâmite nas varas cíveis da capital e do interior, e também nos juizados especiais, em que a empresa consta como demandada. De acordo com a operadora a ordem é realizar o maior número de acordo e arquivar os processos.

Neste ano, quando da realização de pautas e mutirões solicitados pela cooperativa, a parceria ocorrerá em todas as etapas das audiências, desde o auxílio aos serventuários envolvidos até a efetiva intimação das partes e advogados para que haja a composição do acordo com o real comparecimento das partes.

“O interesse da Amil é utilizar cada vez os canais de conciliação, que são de extrema importância para a desjudicialização”, afirma o advogado da Amil, Gilson Rosales.

Edições anteriores – Esta é a 3ª vez que a Amil solicita pauta específica junto ao 1º Cejusc. Na 1ª edição, ocorrida de 17 a 19 de julho de 2017, foram trazidos 152 processos, alcançando o percentual de 86,66% de acordos, o que movimentou mais de R$ 918.396,43 mil em negociações entre clientes e o plano de saúde. Na segunda edição, que aconteceu no dia 13 de setembro, continha 36 processos e totalizou quase 90% de acordo.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação