Conab adia para sexta-feira, dia 24, leilão para aquisição de alimentos das cestas básicas

0
362

A compra das 7 mil toneladas de alimentos prevista para ocorrer nesta quinta-feira (16) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) foi adiada para sexta-feira (24), às 9h. O motivo é a necessidade de ajustes legais e adequações técnicas relativas às operações.

A ação foi anunciada pelo Governo Federal e tem como objetivo a formação de cestas básicas em apoio às populações em situação de vulnerabilidade, agravada pela pandemia causada pelo novo coronavírus. O comunicado de adiamento foi publicado nesta quinta-feira (16), no site da Companhia.

Com a mudança na data, foram estabelecidos também novos prazos para a entrega dos produtos. Para arrematantes das operações nos estados das regiões Sul, Sudeste, Nordeste e Centro-Oeste, o novo prazo será até 14 de maio. Para as entregas na Região Norte, a data limite será até o dia 29 do mesmo mês.

Vale lembrar que, excepcionalmente neste período de enfrentamento à pandemia, a Conab mudou o prazo de entrega de 30 para até 20 dias, com a possibilidade de prorrogação por mais 10, com o pagamento de multa. Os prazos da Região Norte seguem diferenciados devido à dificuldade logística de acesso, por isso o arrematante terá até 35 dias para realizar a entrega sem multa, além do prazo extra de 10 dias com a penalidade.

Estas operações contam com o aporte de R$ 35,7 milhões, que permitirão produzir cerca de 323 mil cestas de alimentos em benefício de 160 mil famílias de comunidades especiais, como indígenas e quilombolas, em 23 estados de todas as regiões do país.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação