Codevasf investe mais de R$ 280 milhões no Maranhão ao longo de 2020

0
86

Do total, R$ 185 milhões são para convênios com prefeituras

A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) empenhou mais de R$ 280 milhões no Maranhão em 2020. O aporte de recursos federais atenderá ações como acesso a água para comunidades rurais difusas, entrega de equipamentos para inclusão produtiva, preservação e recuperação de nascentes, recuperação e pavimentação de vias e construção de pontes modulares. Os dados são da 8ª Superintendência Regional da Codevasf, sediada em São Luís.

Do total empenhado pela empresa, R$ 185 milhões estão distribuídos em 110 convênios celebrados com prefeituras de quase 90 municípios maranhenses. Nessas localidades, centenas de famílias terão água potável na torneira de casa trazida pela implantação de sistemas simplificados de abastecimento de água; enquanto outras serão beneficiadas com a melhoria de estradas vicinais, construção de feiras, mercados e praças do produtor.

Com as obras de construção e recuperação de estruturas viárias, ao todo, habitantes de 67 municípios serão beneficiados. A ação contribui para ampliar o escoamento da produção, assim como a integração de localidades e o tráfego eficiente de pessoas entre a zona rural e a sede dos municípios.

Ainda segundo dados do balanço da 8ª Superintendência Regional da Codevasf, milhares de pequenos produtores rurais no estado vão contar com máquinas e equipamentos para  melhorar os meios de produção. Para tanto, no ano passado foram empenhados R$ 45 milhões do Orçamento Geral da União, destinados à empresa por emendas parlamentares.

Entre os equipamentos entregues pela Codevasf estão patrulhas agrícolas mecanizadas completas, compostas por trator, grade aradora e carreta de madeira; caminhões leves; roçadeiras de arrasto; bombas d’água; motores de popa; kits de irrigação; despolpadeiras de frutas; barracas de feiras livres; além de retroescavadeiras, pás carregadeiras, escavadeiras hidráulicas, caminhões frigoríficos e caminhões compactadores de resíduos sólidos.

A estruturação de atividades produtivas visando ao desenvolvimento territorial do Maranhão foi uma importante linha de atuação da Codevasf no estado. O trabalho é promovido, entre outras maneiras, por meio de incremento da produção familiar, instalação de casas de farinha, implantação de matadouros e mercados de produtores, além de fornecimento de diversos equipamentos.

No ano, foram assinados mais de 200 termos de doação para a entrega de 1.463 máquinas e equipamentos destinados ao apoio à agricultura familiar em 97 municípios maranhenses. Os recursos federais são oriundos do Orçamento Geral da União, repassados à Codevasf por meio de emenda parlamentar, e ultrapassam R$ 35 milhões.

O representante da Associação de Produtores Rurais do Povoado Boa Sorte, no município de Colinas (MA), Gecivaldo de Morais Santos, comemorou o recebimento de uma patrulha agrícola mecanizada. “A gente produz de tudo um pouco: arroz, milho, abóbora. Vai melhorar muito com essas máquinas porque o trabalho vai ficar mais rápido e a produção deve aumentar”, disse.

Além disso, a Codevasf atuou no apoio e desenvolvimento de Arranjos Produtivos Locais (APLs) com a realização de cursos de iniciação à piscicultura para pequenos produtores rurais dos municípios de Lagoa do Mato, Vargem Grande e Nina Rodrigues. A iniciativa buscou identificar e investir em povoados da zona rural que apresentam potencial de desenvolvimento da atividade pesqueira.

Para 2021 estão previstos novos cursos de capacitação em piscicultura semi-intensiva e intensiva em caráter comercial, boas práticas de manejo e conservação de pescados e capacitação em mecânica e manutenção de tratores e máquinas agrícolas.

Revitalização – Também merece destaque uma série de acordos de cooperação técnica firmados entre a Codevasf e outras instituições com o objetivo de recuperar e preservar diversas nascentes no Maranhão nos próximos anos. Segundo os termos do acordo, a 8ª Superintendência Regional da Codevasf presta apoio técnico e doa equipamentos – chamados de “kits ambientais” – para auxiliar os parceiros na execução das ações de revitalização nas áreas que serão protegidas.

Entre outras obrigações, os acordos preveem o intercâmbio de conhecimento, experiências e informações técnicas para elaboração e execução do projeto, além do fornecimento às instituições parceiras de um kit ambiental composto de diversos equipamentos, como um veículo tipo off road 4×4 para facilitar o acesso às áreas; dois receptores portáteis de GPS (navegação) para coleta da localização geográfica das nascentes, áreas de recarga e outras de interesse para o projeto; uma câmera fotográfica digital para auxiliar no registro de todas as etapas do trabalho e outros itens.

A celebração dos acordos prevê a entrega de 11 kits ambientais, possibilitando o cercamento de pelo menos 220 nascentes no estado. Como contrapartida, as instituições parceiras vão realizar o diagnóstico e a caracterização das nascentes, propondo intervenções técnicas para a preservação e/ou recuperação destas áreas.

Outras ações – No que se refere à escassez de água, cerca de duas mil pessoas tiveram o problema amenizado a partir da instalação de cisternas de polietileno com capacidade para 16 mil litros. Foram 500 famílias na zona rural dos municípios de Alcântara (450 reservatórios, em 50 povoados) e Viana (50 cisternas, em 4 povoados) que passaram a contar cada uma com reservatório de água para consumo humano durante o período de estiagem.
Em 2020, a Codevasf inaugurou o Centro de Comercialização de Produtos Comestíveis, conhecido como Panelódromo, no município de Imperatriz (MA). O centro foi implantado pelo governo federal, por meio da Codevasf, com investimento de R$ 1,5 milhão. O município recebeu ainda investimentos de R$ 3,8 milhões para as obras de pavimentação asfáltica do anel viário da cidade, num trecho que mede 5,76 quilômetros.
A empresa também está na fase de aprovação do plano de execução visando a emissão da ordem de serviço para início da elaboração do projeto básico do Aeroporto Regional de Balsas (MA), composto de terminal de passageiros, seção contra incêndio, pátio de estacionamento de aeronaves e pista de táxi.
A Codevasf atua em todo o estado do Maranhão, beneficiando uma população estimada de 7 milhões de habitantes. A área geográfica abrangida pela empresa é de cerca de 332 mil km², compreendendo um total de doze bacias hidrográficas.
Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação