Com contas aprovadas pelo TRE, Flávio Dino está apto a ser diplomado para o 2º mandato

0
844

Algumas despesas da campanha tinham prestadores sem CNPJ

AQUILES EMIR

Ao defender a lisura na prestação de contas do governador Flávio Dino (PCdoB), aprovada na manhã desta sexta-feira (14), por unanimidade, pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA), o advogado Carlos Sérgio Barros disse que a análise da interpretação dos técnicos daquela Corte e do Ministério Público Eleitoral (MPE) foi um trabalho estressante, porque era difícil entender o que realmente estava sendo questionado. Com a aprovação, o governador está apto a ser diplomado.

Para ele, a questão tornou-se ainda mais intrigante diante deste ambiente de denúncias sobre irregularidades no meio político, portanto era fundamental que tudo fosse esclarecido para que o governador não fosse confundido com essas práticas que tanto indignam os brasileiros e os maranhenses, em particular.

Segundo Carlos Sérgio Barros, não há na prestação de contas do governador nenhum ato que contrarie as normas eleitorais, mas o caso tornou-se complicado porque nem os advogados nem os contadores conseguiam entender o que estava sendo questionado. Ainda de acordo com o advogado, não foi anexado nenhum documento novo fora do prazo, muito menos houve intenção de esconder despesas.

O advogado frisou que depois de compreendidos os questionamentos, tudo foi juntado sem nenhum prejuízo à lisura do pleito. Ele observou que em alguns casos houve dificuldades para juntar documentos devido ao pouco tempo dado para a defesa.

De acordo com relatório técnico do TRE, algumas despesas da campanha do PCdoB estavam com prestadores de serviços sem CNPJ, enquanto o Ministério Público sustentou que havia um montante superior a R$ 300 mil sem a devida comprovação, além dos documentos apresentados após vencido o prazo para a informação contábil à Justiça Eleitoral.

Vencida essa etapa, porém, o governador está apto a ser diplomado, na sessão do dia 19, quarta-feira da próxima semana, e assim legalmente autorizado a assumir o segundo mandato.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação