Com gol aos 45 minutos, São Paulo vence América Mineiro e se recupera no Brasileirão

140

Gol da vitória saiu aos 45 minutos do segundo tempo

Já diria o ditado, água mole em pedra dura, tanto bate até que fura. Na noite desta quinta-feira, o São Paulo insistiu e conseguiu vencer o América-MG por 2 a 1, de virada, no Independência, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. O gol da vitória saiu aos 45 minutos do segundo tempo, com Alisson.

Com o resultado, o São Paulo subiu para a 10ª colocação, com 40 pontos somados e um jogo a menos, contra o Coritiba, a ser disputado no dia 20 deste mês. Por sua vez, o América-MG estacionou na oitava posição, com 42 pontos ganhos.

Foi o quarto confronto entre os clubes no ano, no primeiro turno o São Paulo venceu por 1 a 0 o América. O mesmo resultado do jogo de ida das quartas de finais da Copa do Brasil, ambas no Morumbi. Na volta o confronto acabou em 2 a 2, com o time paulista comemorando a vaga no Independência.

O América começou mais intenso. Dominando todas as ações do jogo, os donos da casa abriram o placar logo cedo, aos nove minutos, com Aloísio fazendo valer a lei do ex no Independência. O América roubou a bola ainda no campo de ataque, o atacante recebeu na entrada da área e, livre de marcação, finalizou rasteiro. O goleiro Felipe Alves até chegou a tocar na bola, mas não foi o suficiente para evitar o gol mineiro.

Após o gol, o São Paulo procurou ter mais a posse, enquanto o América se fechou na defesa, apostando mais nos contra-ataques. Mastriani quase ampliou aos 23, mas desta vez Felipe Alves conseguiu espalmar. Quando subiu suas linhas, quem acabou sendo surpreendido foram os donos da casa.

O São Paulo aproveitou a desorganização da defesa do América e chegou ao empate com Calleri, aos 33. Trocando passes, Luciano achou o centroavante na área, sozinho, que bateu na saída do goleiro. Detalhe: a bola explodiu na trave antes de entrar.

Com o placar igual, os times ainda tentaram um último suspiro para irem ao intervalo com vantagem no marcador. O América chegou a assustar com Mastriani e Aloísio, enquanto o São Paulo respondeu com Luciano, ambas sem sucesso.

A segunda etapa começou quente. O São Paulo voltou a campo disposto a conquistar a vitória. Logo no primeiro minuto Rodrigo Nestor levou perigo em chute cruzado. Depois foi a vez de Luciano assustar os torcedores do América. O atacante aproveitou bate e rebate dentro da área e empurrou para as redes, mas o árbitro anulou o gol, anotando um toque de mão do atacante paulista. No minuto seguinte, Pablo Maia cobrou falta perigosa, obrigando o goleiro Cavichioli a espalmar. Tudo isso, antes dos 10 minutos.

O América soube suportar a pressão inicial dos visitantes, e chegou com perigo com Mastriani de cabeça, em ótima intervenção de Felipe Alves. Na reta final, o São Paulo voltou a imprimir seu ritmo. E por pouco não virou a partida. Marcos Guilherme cruzou para área, a bola passou pelo goleiro e quando parecia que ia entrar, o zagueiro Éder afastou em cima da linha.

Com as duas equipes buscando o gol para selar a vitória, a partida ficou emocionante. Do lado do São Paulo, Miranda quase na pequena área, parou num milagre de Cavichioli. Enquanto do outro lado, Everaldo perdeu a chance de matar a partida. Quando tudo parecia terminar empatado com um show de gols perdidos na reta final, Alisson, aos 45 minutos, decretou a virada do São Paulo.

Descendo pela esquerda, após cruzamento, a bola viajou por toda a área. Alisson tomou a frente da marcação e de cabeça selou a vitória do São Paulo, em Minas Gerais.

Na próxima rodada, o São Paulo recebe o Botafogo no Morumbi, no domingo, às 16h. Mais tarde, às 18h, o América-MG viaja ao Rio de Janeiro (RJ), onde enfrenta o Fluminense, no Maracanã.

(Da FPF com foto de Rubens Chiri)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui