Com gol de Borja, Grêmio vence o Flamengo por 1 a 0 no Maracanã pelo Campeonato Brasileiro

0
207

Na outra partida da noite, Corinthians e América empatam em 1 a 1

Na noite deste domingo (19), o Grêmio venceu o Flamengo por 1 a 0, no Maracanã, no Rio de Janeiro, pela 21ª rodada do Brasileirão Assaí. Com a vitória fora de casa, o Tricolor Gaúcho assume o 17º lugar, com 22 pontos. O Rubro-Negro permanece na terceira colocação da Série A, com 34 pontos.

Também na noite deste domingo, com gols no primeiro tempo, Corinthians e América de Minas empataram em 1 a 1, na Neo Química Arena, em São Paulo. Com a igualdade, o Timão fica na sexta posição, com 30 pontos. O Coelho surge em 17º lugar, no Z-4, com 22 pontos.

Os jogos – O primeiro tempo no Maracanã foi equilibrado e com chances para as duas equipes. Aos 12 minutos, Everton Ribeiro aproveitou um rebote e chutou pela linha de fundo. O Tricolor respondeu seis minutos depois com uma cabeçada de Borja para fora.

Aos 24, o Grêmio pressionou em contra-ataque. Borja serviu Villasanti, que chutou para boa defesa de Diego Alves. O Mengão voltou a arriscar aos 37. Em cobrança de escanteio, Léo Pereira cabeceou e Gabriel Chapecó defendeu. Nos acréscimos do primeiro tempo, o Grêmio abriu o placar. Borja recebeu bola livre na área e cabeceou no canto esquerdo do gol de Diego Alves.

O segundo tempo foi menos intenso e com pouca criatividade ofensiva dos dois lados. Aos 14 minutos, Borja chutou colocado da entrada da área e o goleiro do Fla defendeu. Nos acréscimos, aos 53 minutos, o Tricolor teve a chance de ampliar o placar em cobrança de pênalti. Borja chutou no canto direito e Diego Alves fez grande defesa.

Empate – O América começou o jogo pressionando e abriu o placar aos seis minutos do primeiro tempo. Marlon recebeu excelente cruzamento e bateu de primeira para balançar as redes na Neo Química Arena. Aos dez minutos, o Coelho quase fez o segundo, mas parou em boa defesa de Cássio.

O Timão foi para cima e empatou aos 16 minutos. O meia Giuliano recebeu passe de Jô  e não deu chance de defesa para Matheus Cavichioli, decretando o placar final.

(Com informações da CBF e foto de Jorge Rodrigues/AGIF)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação