Com gol legitimo anulado, Sampaio fica no empate com o Vasco

0
589

Na primeira rodada do returno da Série B, Vasco e Sampaio Corrêa empataram em 1 a 1, em Cariacica (ES). Em Maceió, o Londrina marcou nos acréscimos e arrancou a vitória por 1 a 0 diante do CRB, fora de casa. Outro visitante que também levou a melhor na tarde deste sábado (20) foi o Criciúma. Também pelo placar simples, o Tigre superou o Náutico, em São Lourenço da Mata (PE).

No Kleber Andrade, em Cariacica (ES), o Vasco iniciou o duelo pressionando o Sampaio Corrêa e abriu o placar aos 30 minutos, com Nenê. De pênalti, o meia-atacante deslocou o goleiro e fez 1 a 0. Apesar da pressão no final da primeira etapa, o Sampaio chegou ao empate apenas na volta do intervalo, aos 4 minutos, com Heverton. O zagueiro se antecipou e, de cabeça, deixou tudo igual. Com o resultado, o Vasco continua na liderança da Série B, com 40 pontos. Já o Sampaio, com 14, se mantém na 20ª posição, mas o Sampaio teve um gol legítimo anulado.

Na Arena Pernambuco, o Criciúma se mostrou um visitante indigesto e bateu o Náutico por 1 a 0. Com gol de Alex Maranhão, aos 26 minutos, da primeira etapa, o Tigre garantiu a vitória simples e subiu na tabela. Com 29 pontos, o time catarinense ocupa a sétima posição. O Náutico vem logo atrás, com 28, na oitava colocação.

Também fora de casa, o Londrina levou a melhor para cima do CRB, no Rei Pelé, em Maceió. Com gol de Paulinho aos 50 minutos do segundo tempo, o Tubarão bateu arrancou os três pontos nos acréscimos. Com o triunfo, os paranaenses subiram para o sexto lugar com 31 pontos. Com 33, o CRB ocupa a quarta posição.
Goiás – Após uma derrota e dois empates, o Goiás voltou a vencer e respirou na Série B. Pela 20ª rodada, neste sábado (20), Esmeraldino bateu o Tupi-MG por 2 a 1, em Goiânia, e deixou a zona de rebaixamento. Com 26 pontos, a equipe goiana alcançou a 16ª colocação. Já o Galo Carijó se mantém na 18ª posição, com 18 pontos. Também às 21h, o Paysandu superou o Ceará por 2 a 0 em Belém e, com 28 pontos, subiu para o 10º lugar. Com 35, na vice-liderança, o Vozão desperdiçou a chance de encostar no líder Vasco (40).

Jogando na Ressacada, o Bahia se deu bem na partida contra o Avaí

No Serra Dourada, em Goiânia, o Goiás conquistou uma vitória suada para cima do Tupi-MG. No confronto direto contra a zona de rebaixamento, o Esmeraldino saiu na frente com Carlos Eduardo, aos 45 minutos do primeiro tempo. A vantagem perdurou até os 40 minutos do segundo tempo, quando Hiroshi deixou tudo igual. Quando o empate já se desenhava, Léo Lima usou a cabeça para dar números finais ao jogo e garantir os três pontos para os donos da casa.

Jogando em casa, no Curuzu, em Belém, o Paysandu dominou as ações e venceu o vice-líder Ceará por 2 a 0. Na abertura do returno, o Papão abriu o placar logo de cara, aos seis minutos, com Gilvan. O zagueiro artilheiro balançaria as redes mais uma vez, aos 21 minutos da etapa final, para fechar o marcador. Superior durante praticamente todo o jogo, o Papão mostrou sua força dentro de casa e bateu o Vozão por 2 a 0.
Bahia – O Bahia levou a melhor para cima do Avaí e venceu por 3 a 0 na Ressacada, em Florianópolis, neste sábado (20). Com gols de Edigar Junio, Hernane e Tiago, o Tricolor conquistou os três pontos, fora de casa, chegando a 28 e alcançando a 8ª colocação. O time catarinense continuou com 23, em 15º lugar.

Mesmo jogando fora de casa, na Ressacada, em Florionópolis, o Bahia não se intimidou e começou a partida pressionando o Avaí. Superior durante praticamente toda a primeira etapa, o Tricolor baiano fez dois gols em um intervalo de dois minutos e encaminhou a vitória. Aos 33, Edigar Junio abriu o placar e, aos 35, Hernani ampliou. Na volta do intervalo, o Bahia impediu qualquer possibilidade de reação dos donos da casa ao marcar, aos 9 minutos, com Tiago. Placar final: 3 a 0.

Pela 21ª rodada da Série B, o Avaí volta a campo na próxima terça-feira (23), às 19h15, para enfrentar o Sampaio Corrêa no Castelão, em São Luís. Já o Bahia encara o Paraná no sábado (27), às 18h30, na Fonte Nova , em Salvador.
(Com dados da CBF)

Compartilhe