Com justificativa de evitar aglomeração, Lula inicia visita ao Nordeste sem povo para recebê-lo

0
624

Petista diz que agenda sem povo é para evitar aglomeração 

AQUILES EMIR

Numa recepção discreta, que contou apenas com poucas lideranças políticas no aeroporto, o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva iniciou, neste domingo (15), pelo Recife (PE), uma agenda de visitas a seis estados nordestinos. Ele permanece na capital pernambucana até esta segunda(16), sem eventos de rua.

Com a justificativa de não causar grandes aglomerações num momento em que a pandemia de coronavírus ainda não foi superada, não foram colocados na agenda do petista encontros com o povo. Neste domingo, ele se reuniu com aliados do PT e jantou com o governador Paulo Câmara (PSB).

Nesta segunda-feira (16), a previsão é de que Lula visite um assentamento do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) na Região Metropolitana do Recife. Na terça, o ex-presidente para para o Piauí e depois visitará, Maranhão, Ceará, Rio Grande do Norte e Bahia.

O ex-presidente viaja de jatinho junto a aliados como a presidente do PT, Gleisi Hoffmann.

Pelas redes sociais, o ex-presidente comemorou o retorno ao seu estado natal:

https://twitter.com/LulaOficial/status/1427006025945821190?s=19

O senador Humberto Costa também comentou a recepção:

https://twitter.com/Metropoles/status/1427034249782300674?s=19

A presidente do PT, Gleisi Hoffman, falou sobre a importância da visita:

Visitas – Segundo o coordenador da visita de Lula ao Nordeste, o vice-presidente do PT, Márcio Macedo, ao longo dos próximos dias “haverá atividades simbólicas, diálogos com pessoas do povo, com os movimentos sociais, culturais, trabalhadores, empresários e políticos”.

Também de acordo com Márcio Macedo, nos encontros com autoridades, lideranças politicas e sociais, durante a passagem pelos seis estados, Lula abordará temas como a vacina, o combate à fome, o Desenvolvimento Regional, emprego, incentivo a micro e pequena empresa, educação e saúde.

Em virtude da pandemia essa será uma viagem diferente, sem atos de massa, nem aglomerações, esclarece Márcio Macedo. Segundo ele, com o distanciamento social recomendado, a utilização de máscara, álcool gel e respeitando os decretos governamentais no que concerne ao número de pessoas nos encontros.

(Com informações do PT)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação