Maranhão vai produzir 19,1 mil toneladas de açúcar e 140 milhões de litros de álcool

0
922
AQUILES EMIR
A safra de cana-de-açúcar este ano, no Maranhão, deverá ter um aumento de 11,3% na comparação com a do ano passado, conforme levantamento divulgado quinta-feira (24) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). De acordo com a estimativa, serão 2,050 milhões de toneladas este ano, enquanto em 2016 foram 1,842 milhão.
Dessa produção, 159 mil toneladas serão destinadas para produzir açúcar, ou seja, 67,1% a mais do que em 2016, quando foram destinadas 95,2 mil toneladas. A quantidade de açúcar a ser produzida será de 19,7 mil toneladas, 8,1 mil a mais do que foi produzido em 2016, cujo volume foi de 11,6 mil, o que significa dizer que houve uma variação de 70,1%.
Já para a produção de álcool, serão 1,891 milhão de toneladas, enquanto ano passado foram 1,747 milhão. Com esta destinação, vão ser fabricados 140,335 milhões de litros, ou seja, 12,974 milhões a mais que a produção de 2016, quando ela atingiu a marca de 127,361 milhões de litros, e isto representa uma variação de 10,2%.
Dessa quantidade de álcool, 120,285 milhões de litros serão de anidro, utilizado como combustível, que ano passado teve uma produção de 109,712 milhões de litros, ou seja, serão 10,573 milhões de litros a mais do que na safra anterior, uma variação de 9,6%.
Produção de açúcar no Maranhão aumenta em 2017, segundo Conab

Já a produção de álcool hidratado, usado para limpeza, será de 20,050 milhões de litros. Ano passado, foram 17,649 milhões de litros, o que significa dizer que houve um aumento de 2,401 milhões de litros, ou seja, uma variação de 13,6%.

De acordo com a Conab, o aumento se dá apesar da diminuição da área plantada, que foi 39,4 mil hectares em 2016 e este ano de 38,4 mil, ou seja -2,4%, porém houve aumento na produtividade de 14%, pois foram, ano passado, 47.822 quilos e 51.170 na deste ano, uma variação de 14%.
Veja na tabela abaixo a estimativa da Conab para a produção de cana: 
Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação