“Começamos com o pé direito”, diz Alckmin sobre visita ao Maranhão

0
798

AQUILES EMIR

Não poderia haver melhor início de pré-campanha rumo à Presidência da República para o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) do que a festa realizada neste sábado (05), no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana, em São Luís, onde mais de 2 mil pessoas, de várias regiões, se concentraram para ouvi-lo. Recepcionado pelo senador Roberto Rocha, pré-candidato a governador do Estado, o presidenciável tucano se despediu do evento dizendo que “começamos com o pé direito”.

Num discurso didático, com a platéia em silêncio para ouvi-lo, Alckmin disse que, se eleito presidente, suas prioridades serão desenvolvimento e geração de empregos, Saúde, Segurança Pública e Educação, ações que, segundo ele, vão beneficiar a vida dos que estão angustiados por uma oportunidade de trabalho, dos que sofrem nas filas dos hospitais públicos, dos assustados pela violência (principalmente urbana) e dos que precisam de qualificação para disputar o mercado de trabalho ou empreender.

Cuidar bem das pessoas, principalmente dos mais necessitados, segundo Alckmin, é dever de todo homem público, e lembrou a história de uma mãe árabe que ao ser indagada sobre qual filho amava mais, assim respondeu: “o doente, até sarar; o ausente, até retornar; e o faminto, até se alimentar”, ou seja, não pode haver distinção entre as pessoas, mas sim atender as que estão em situação mais delicada.

Auditório principal do Centro de Convenções, neste sábado, lotado em evento do PSDB

Alckmin lembrou que foi o seu partido que criou, quando Fernando Henrique Cardoso era presidente, os programas sociais que foram ampliados nas gestões de Lula e Dilma, como Bolsa Família, Luz para Todos, Minha Casa Minha Vida e outros, que tinham outras denominações: Bolsa Escola, Luz no Campo e PAR. “Foi importante o aumento que tiveram (nas gestões petistas), mas é preciso lembrar quem teve a sensibilidade para criá-los”, disse ele, afirmando ter esta vocação, pois, como médico, sua principal missão é melhorar as condições de vida das pessoas.

O ex-governador paulista disse que os eleitores precisam estar atentos também às mudanças que precisam ocorrer nos estados, por isto pediu apoio para que Roberto Rocha seja eleito governador; os deputados José Reinaldo (federal) e Alexandre Almeida (estadual) a senadores); e sejam eleitos muitos deputados estaduais e federais.

Alckmin com aliados após a inauguração da nova sede do PSDB em São Luís

Coligação – Na sexta-feira (04), antes de participar de um debate com a classe empresarial, no Realle Vitali Buffet, Alckmin disse que a visita a São Luís era a arrancada para reverter os baixos índices de popularidade e anunciou que aguarda o anúncio da adesão de cinco partidos à sua candidatura, a partir de quando deve haver um crescimento nas intenções de voto a seu favor.

Indagado se estava negociando com MDB e o DEM, o ex-governador disse que não, até porque esses partidos têm pré-candidatos – Michel Temer (ou Henrique Meireles) e Rodrigo Maia, respectivamente – por isto não pode avançar sobre as legendas não definiram suas situações.

Na capital maranhense, Alckmin cumpriu uma agenda extensa, que começou na sexta-feira à noite, na Universidade Ceuma, onde participou de um debate com estudantes; seguido de um encontro com a classe empresarial; e neste sábado participou da inauguração da nova sede do partido, no bairro da Ponta d´Areia, e da festa com a militância, que reuniu caravanas de diversos municípios.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação