Como substituto de Lula, Fernando Haddad fica em 5º lugar, segundo pesquisa do BTG Pactual

0
959

Instituto entrevistou 2.000 pessoas, sábado e domingo

O Banco BTG Pactual apresentou, nesta segunda-feira (27), a um grupo de investidores o resultado de um levantamento sobre intenções de votos para presidente encomendado ao ao Instituto FSB Pesquisa, no qual o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) aparece com 35%, seguido de Jair Bolsonaro (PSL), que tem 22%.

Preso em Curitiba (PR), onde cumpre pena por crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, o ex-presidente deve ter sua candidatura rejeitada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e deve ser substituído pelo ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT), que aparece em 5º lugar, com 5%.

O instituto entrevistou 2.000 pessoas, sábado e domingo, em todas as 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais. O registro no TSE é BR-06062/2018.

De acordo com os números, quando o ex-presidente Lula é incluído, Marina Silva (Rede) fica com 9%, seguida de Geraldo Alckmin (PSDB) com 6% e Ciro Gomes (PDT) com 5%.

O instituto fez ainda um testo espontâneo, em que os nomes dos candidatos não se apresentados e neste cenário João Amoêdo (Novo) ultrapassa Geraldo Alckmin e fica em terceiro lugar. Veja os números:

  • Lula (PT) – 26%
  • Jair Bolsonaro (PSL) – 19%
  • João Amoêdo (Novo) – 3,0%
  • Geraldo Alckmin (PSDB) – 2,0%
  • Marina Silva (Rede) – 2,0%
  • Ciro Gomes (PDT) – 2,0%
  • Álvaro Dias (Podemos) – 1,0%
  • nenhum/não respondeu – 22,0%
  • indecisos – 23,0%

No cenário com Haddad no lugar de Lula, Jair Bolsonaro tem 24%, em segundo lugar aparece Marina Silva com 15% e ficam Embolados na terceira posição, Geraldo Alckmin (PSDB) com 9% e Ciro Gomes, com 8%. O ex-prefeito paulistano recebe apenas 5% das intenções de voto, seguido por João Amoedo, com 4%, e Alvaro Dias com 3%. Os outros candidatos não atingiram 2% das intenções. Cerca de 4% dos entrevistados ainda não escolheram seu candidato e outros 24% não irão votar em nenhuma das opções.

Rejeição – No quesito rejeição, o candidato do PSDB lidera. Veja o números:

  • Geraldo Alckmin (PSDB) – 59%
  • Marina Silva (Rede) – 54%
  • Ciro Gomes (PDT) – 53%
  • Henrique Meirelles (MDB) – 51%
  • Fernando Haddad (PT) – 51%
  • José Maria Eymael (DC) – 50%
  • Jair Bolsonaro (PSL) – 49%
  • Lula (PT) – 47%
  • Alvaro Dias (Podemos) – 41%
  • João Goulart Filho (PPL) – 40%
  • Vera Lúcia (PSTU) – 39%
  • Cabo Daciolo (Patri) – 36%
  • Guilherme Boulos (Psol) – 33%

(Com dados do Poder 360)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação