Concerto no Espigão da Ponta d´Areia inicia programação de aniversário da Escola de Música

0
886

Foi realizado neste domingo (29), no Espigão da Ponta d´Areia, o concerto para iniciar a programação dos 42 anos da Escola de Música ‘Lilah Lisboa de Araújo’ (EMEM). Na apresentação, alunos, ex-alunos, grupos da escolas e convidados mostraram um pouco de tudo no campo da música, do erudito ao popular.  A escolha do local teve pór objetivo, além de mostrar aos turistas que passeavam pelo Espigão, envolver um público que está fora do eixo da Praia Grande, onde está localizada EMEM, como explica o diretor da Escola, o violinista Manoel Mota: “É uma proposta antiga da Escola, tirar os grupos lá de dentro e levar para outros espaços. Isto porque, quem frequenta os concertos geralmente são as mesmas pessoas, da área da Praia Grande e pais de alunos, que já conhecem o trabalho que a gente faz pela escola. Quando a gente faz esse concerto, aqui no Espigão, conseguimos atrair novos admiradores”.

O coordenador artístico da ‘Lilah Lisboa’, o cantor contratenor maranhense Fernando de Carvalho, destaca que artistas maranhenses se reuniram, no aniversário da Escola, para celebrar a música, que, segundo ele, é universal. “Costumo dizer que música é a única linguagem realmente universal, se você entregar uma partitura para um músico de qualquer lugar do mundo, ele vai ler a mesma melodia. E a intenção foi comemorar os 42 anos em praça pública, aberto, para que a gente pudesse mostrar o que a Escola de Música oferece, aí montamos uma programação muito vasta, que vai desde a música erudita à música popular. A gente fez uma grande festa de músicos novos, adultos, crianças, alunos já formados que vieram contribuir, grupos da escola de música e convidados, para que desse uma satisfação para a sociedade do que fazemos aos logo desses anos”, relatou o cantor.
A nutricionista Giulia Castanha ficou contente quando, ao passear pelo Espigão, pôde, ainda, assistir uma apresentação musical tão vasta.  “É uma coisa maravilhosa, é uma ótima oportunidade pra gente poder avaliar como está a cultura do Maranhão, essa promessa de coisa boa que chega numa hora dessa, de grandes turbulências, é uma grande iniciativa”, opinou.
Escola de Música  – Inaugurada em maio de 1974, através do Decreto Lei 5.267, de 21/07/74, a Escola de Música do Maranhão ‘Lilah Lisboa de Araújo’ oferece cursos reconhecidos pelo Conselho Estadual de Educação e possibilita a formação de Técnicos em Música (Habilitação em Instrumento ou Canto Lírico). Após ter três endereços diferentes, instalou ‘morada’ fixa em um sobrado do século XVIII, na Rua da Estrela, Centro Histórico, na ex-residência da professora de piano Lilah Lisboa de Araújo, que empresta seu nome à escola.
O prédio foi restaurado para abrigar a EMEM, sendo equipado com salas de aula e um auditório de 180 lugares. Funcionando nos turnos manhã e tarde, atende a crianças, jovens e adultos que recebem aulas práticas e teóricas em disciplinas como História da Música, Harmonia, Percepção Musical etc, oferecidas semestralmente. O ingresso é feito mediante processo seletivo previamente divulgado.
Programação – No palco montado no Espigão Costeiro, passaram diversos artistas e grupos, entre os quais Nelson Cipriano, piano, Rose Nogueira, cantora lírica, Alessandro Freitas, violonista, a Orquestra de Violão da Emem, Sol Maior Quarteto, Núcleo de Choro da Emem, Instrumental Pixinguinha, Wendel Cosme e Trio, Virajazz, Jayr Torres e Quarteto, Orquestra Jovem do Maranhão João do Vale.
Nesta terça-feira (31), as apresentações começam a partir as 19h, no teatro João do Vale, tendo as seguintes atrações:

  • Nelson Cipriano, piano
  • Josí Veras, soprano & Willame Rafael, piano
  • Jairo Moraes, trompa & Andrea Rodrigues, piano
  • Manoel Mota, violino & Jayr Torres, violão
  • Manoel Mota, violino; Bethania Oliveira, violino; Thiago Colver, violino & Jayr Torres, violão
  • Alessandro Freitas, violão
  • Orquestra Maranhense de Violões
  • Coral da EMEM
  • Orquestra de Violões da EMEM
  • Madrigal São Luís
  • Quarteto de Câmara
  • Combo 363 – Bananeira
  • Orquestra de Câmara do Estado do Maranhão

Ao logo do mês de junho e julho, alunos da EMEM realizarão apresentações no Espigão. A cada fim de semana, os alunos se revezarão mostrando o que a ‘Lilah Libia’ tem produzido a quem frequenta o local. Sem palco montado, no meio do calçadão, diminuindo a distância entre apreciadores e a música popular e erudita.

Compartilhe