Confira os estados com melhores posições nas Olimpíadas de Matemática

0
369

A edição atual garantiu ao Centro Oeste as melhores classificações

A Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) 2019 destacou a capital federal. De acordo com o resultado do exame, divulgado no site oficial, os primeiros colocados com medalha de ouro são de Brasília.

A edição atual garantiu ao Centro Oeste as melhores classificações, sendo os três primeiros alunos oriundos de Colégio Militar. Em quarto lugar, representando o Nordeste, logo após o trio Brasiliense, está o Ceará.

Em consequência da falta de investimentos em educação básica, estando na área menos privilegiada do país, em que as condições de atenção básica são escassas, o Nordeste ainda sofre as mazelas da baixa escolaridade e abandono das unidades de ensino. Dentre os cinquenta alunos premiados com a medalha de ouro, apenas quinze são nordestinos, estes provenientes dos estados da Bahia, Ceará, Pernambuco, Piauí e Alagoas.

O estudante do 7º ano do ensino fundamental, Iago de Brito Vieira, 12 anos, natural da cidade de Cocal dos Alves (Piauí), realizou o certame pela segunda vez. Em sua primeira participação, ainda no 6º ano, foi premiado com a medalha de prata e, desta vez, terá direito à medalha de ouro, estando entre os trinta melhores colocados do país. Emocionado, Iago conta a sensação de ser medalhista por dois anos consecutivos: “Fiquei muito feliz e ainda mais animado do que o ano passado”, afirma, falando sobre a preparação para edição de 2019.

“Eu estudo em uma escola de tempo integral que me ajudou bastante. Durante o ano eu respondi questões de provas anteriores, contei com o apoio dos professores, participei de aulas intensivas às terças e quintas-feiras à noite e também aos sábados”, explica o estudante que obteve 94% de acertos na prova.

Com o intuito de incentivar o estudo das ciências exatas no país, a OBMEP foi criada tendo como principais pilares: a promoção do estudo da matemática, melhoria das condições educacionais na educação básica, além da qualificação dos professores que atuam diretamente na educação da rede pública de ensino do país.

(Fonte: Agência Educa Mais Brasil)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação