Copa Verde recolhe mais de duas toneladas de garrafas pets trocadas por ingressos

0
474

Primeira competição “Carbono Zero” do Brasil, com foco em ações sustentáveis, a Copa Verde vai muito além das partidas de futebol. A troca de garrafas PETs e latas de alumínio por ingressos para os jogos é uma dessas iniciativas. Nesta edição, cinco jogos da Primeira Fase e outras três partidas válidas pela Segunda Fase tiveram uma carga de ingressos disponíveis para a troca.

O resultado foi um total de mais de duas toneladas de materiais recicláveis recolhidos. A ação também contribui para a maior participação do torcedor nas arquibancadas já que, somando-se o público desses oito confrontos, mais de 70% adquiriu a entrada por meio da troca de garrafas/latas.

É muito mais do que um campeonato. Aliando a força do futebol no país com a sustentabilidade, ela ensina a cuidar melhor do planeta. No calendário da CBF desde 2014, a competição vem aprimorando suas ações a cada temporada. Durante a edição de 2016, medidas que estimulassem a conscientização em torno dos problemas ambientais foram criadas. Entre elas, o plantio de árvores para compensar todo os gás carbônico emitido no decorrer do torneio.

A novidade dessa edição ficou a cargo de três novas medidas: copo eco, lixo zero e ingressos de papel semente. A campanha “lixo zero”, assim como os ingressos de papel semente, aconteceu durante as semifinais com o objetivo de promover a coleta seletiva nos estádios desde o início das partidas.

Confira os números na íntegra:

Ingressos gerados

  • 05/03/2017 – 16:00 | Jogo: 11 | Grupo: GRUPO G
    Morenão – Campo Grande – MS
    Operário-MS x Luziânia-DF – 3.000 Trocas de PET para um público total de 3092.
  • 05/03/2017 – 18:00 | Jogo: 9 | Grupo: GRUPO D
    Arena da Floresta – Rio Branco – AC
    Atlético-AC x Remo-PA – 3000 Trocas de PET para um público total de 3147.
  • 04/03/2017 – 19:00 | Jogo: 6 | Grupo: GRUPO A
    Arena da Floresta – Rio Branco – AC
    Galvez-AC x Paysandu-PA – 3000 Trocas de PET para um público total de 3156.
  • 19/03/2017 – 16:00 | Jogo: 19 | Grupo: GRUPO H
    Arena Pantanal – Cuiabá – MT
    Cuiabá-MT x Rondoniense-RO – 1.783 Trocas de PET para um público total de 1854.
  • 19/03/2017 – 16:00 | Jogo: 18 | Grupo: GRUPO F
    Kleber Andrade – Cariacica – ES
    Rio Branco-ES x Tocantins-TO – 1.152 Trocas de PET para um público total de 1152.
  • 29/03/2017 – 20:30 | Jogo: 22 | Grupo: GRUPO L
    Serra do Lago – Luziânia – GO
    Luziânia-DF x Rondoniense-RO – 3.000 Trocas de PET para um público total de 3100.
  • 30/03/2017 – 19:00 | Jogo: 23 | Grupo: GRUPO J
    Mangueirão – Belém – PA
    Remo-PA x Santos-AP – 3.000 Trocas de PET (2 ingressos por pessoa) para um público total de 8406.
  • 31/03/2017 – 19:00 | Jogo: 24 | Grupo: GRUPO I
    Zinho Oliveira – Maraba – PA
    Paysandu-PA x Águia de Marabá-PA – 3000 Trocas de PET (2 ingressos por pessoa) para um público total de 5242.

Embalagens recolhidas

  • 1) 9.000 para o jogo Operário-MS x Luziânia-DF em Campo Grande;
    2) 9.000 para o jogo Atlético-AC x Remo-PA em Rio Branco;
    3) 9.000 para o jogo Galvez-AC x Paysandu-PA em Rio Branco;
    4) 5.349 para o jogo Cuiabá-MT x Rondoniense-RO em Cuiabá;
    5) 3.456 para o jogo Rio Branco-ES x Tocantins-TO em Vitória;
    6) 9.000 Luiziânia-DF x Rondoniense-RO em Luiziânia;
    7) 18.000 para o jogo Remo-PA x Santos-AP em Belém;
    8) 19.000 para o jogo Paysandu-PA x Águia de Marabá-PA em Belém;

(CBF)

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação