Corinthians ganha do São Paulo em pleno Morumbi e tem vantagem no jogo da volta

0
5002

Jô confirmou sua fama de ‘matador’ dos clássicos e voltou a marcar na noite deste domingo (16). Seu tento abriu a vitória do Corinthians por 2 a 0 sobre o São Paulo no Morumbi, pelo jogo de ida da semifinal do Paulistão Itaipava.

O São Paulo tomou a iniciativa da partida nos primeiros 15 minutos. Jogando com o apoio da torcida, o clube ficou mais tempo com a bola e rondou a área adversária, mas sem assustar o goleiro Cássio. Já o Corinthians, quando conseguia um contra-ataque, levava mais perigo.

Com 18 minutos, Rogério Ceni foi obrigado a trocar Nem, lesionado, por Cícero. E, dois minutos depois, o comandante voltou a sofrer. Jô tabelou com Rodriguinho, recebeu entre os zagueiros e tocou na saída de Renan Ribeiro para abrir o marcador.

A vantagem corintiana no placar pouco mudou as ações de jogo até o final do primeiro tempo. O São Paulo seguiu tendo mais posse de bola, porém não conseguiu driblar a forte marcação dos visitantes. O lance de destaque foi a atitude de Rodrigo Caio, ao avisar a arbitragem que Jô não havia pisado em Renan Ribeiro, retirando assim o cartão amarelo do camisa 9 corintiano.

No último lance da primeira etapa, Rodriguinho acertou um belo chute da intermediária no canto direito do goleiro Renan Ribeiro. O arqueiro se esticou, mas não conseguiu chegar na bola, que balançou as redes.

Precisando do resultado, o São Paulo veio para cima desde o início da segunda etapa. Com a entrada de Gilberto, o Tricolor passou a apostar mais em bolas cruzadas na área. No entanto, a principal chance veio no chute forte na cobrança de falta de Maicon, aos 13 minutos. Pouco depois, Gilberto também animou a torcida tricolor em rápida jogada pela esquerda, mas Cássio espalmou a bola para escanteio.

A pressão dos mandantes seguiu intensa. O Tricolor sufucou o Alvinegro durante toda a segunda etapa. A vantagem fez com que os visitantes diminuissem o ritmo e a velocidade dos contragolpes. A principal chance veio aos 42 minutos, quando Pratto subiu sozinho na marca do pênalti para cabeçar nas mãos de Cássio. O árbitro ainda assinalou quatro minutos de acréscimo, porém o placar seguiu inalterado.

  • São Paulo 0 x 2 Corinthians

    Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo;
    Data e hora: 16 de abril de 2017, às 19h;
    Público: 45.366;
    Renda: R$1.448.769,00;
    Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira;
    Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa;
    Quarto árbitro: Roberto Pinelli;
    Gols: 20’, Rodriguinho 47’ do 1ºT;
    Cartões Amarelos: Araruna, Romero, Pablo, Jucilei, Maycon, Luiz Araújo;

    São Paulo: Renan Ribeiro; Araruna (Thomaz), Maicon, Rodrigo Caio e Junior Tavares; Jucilei, Thiago Mendes e Cueva; Wellington Nem (Cícero), Lucas Pratto e Luiz Araújo (Gilberto).
    Técnico: Rogério Ceni.

    Corinthians: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel, Maycon, Rodriguinho (Camacho), Jadson (Clayton) e Romero (Léo Jabá); Jô.
    Técnico: Fábio Carille.

(FPF)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação