Corinthians pega o Santos e São Paulo vai enfrentar o Palmeiras nas semifinais do Paulistão

0
547

Após novo empate com a Ferroviária, desta vez por 1 a 1, na Arena, o Corinthians garantiu a classificação para as semifinais do Paulistão Sicredi nos pênaltis e na próxima fase vai enfrentar o Santos, enquanto Palmeiras e São Paulo disputam a outra vaga na grande final.

A Ferroviária começou a partida tentando partir para cima, com uma postura inesperada e que pegou o Corinthians de surpresa. No entanto, o time do interior não conseguia transformar a posse de bola em lances de perigo.

Aos 33 minutos depois, Clayson fez bela jogada individual pela esquerda e tocou para Júnior Urso, que apareceu livre dentro da área e completou para o gol: 1 a 0 para o Timão. Após o intervalo, a Ferroviária reagiu e, aos 14 minutos, Diogo Mateus arriscou para o gol, a bola saiu sem força, mas sobrou para Thiago Santos desviar e empatar a partida.

A Ferroviária começou muito mal a disputa por pênaltis e desperdiçou as duas primeiras cobranças, com Tony, que chutou para fora, e Thiago Santos, que parou em defesa de Cássio. Pelo lado corintiano, Gustavo e Clayson converteram.

Na sequência, Uilliam marcou o primeiro gol do time de Araraquara e Danilo Avelar perdeu um pênalti para o Corinthians. Daí para frente, todos converteram suas cobranças e coube a Pedrinho bater o último pênalti corintiano e garantir a classificação.

Vitória – O São Paulo voltou a vencer o Ituano, no Novelli Júnior, em Itu, e vai enfrentar o Palmeiras na próxima fase. No jogo de ida, o São Paulo já tinha vencido por 2 a 1. Nessa quarta-feira, a equipe tricolor voltou a jogar bem e conseguiu envolver o adversário, que se despede da competição.

O primeiro tempo foi de domínio do São Paulo, que conseguiu vencer a batalha no meio de campo graças a boas atuações de Liziero e Luan. O time da capital era mais presente no campo de ataque e criava boas jogadas, só que pecava na hora da conclusão.

O Ituano, por sua vez, tentava sair nos contra-ataques, mas não conseguia superar a marcação adversária. A principal válvula de escape do time da casa era Martinelli, que travava duelo interessante com Hudson, improvisado novamente na lateral-direita.

Após o intervalo, o São Paulo seguiu melhor e insistiu até os 26 minutos, quando Liziero abriu o placar. Antony roubou a bola de Baralhas e tocou para Pablo. A defesa do Ituano travou a finalização, mas o volante pegou a sobra e estufou as redes.

Nos minutos finais, o Ituano tentou avançar. Sem outra alternativa, o time da casa partiu para o ataque em busca da virada, mas não conseguiu reagir e se despediu do Campeonato Paulista com a derrota por 1 a 0.

(FPF)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação