CRB vence o Confiança e assume liderança isolada do Grupo A da Copa do Nordeste

0
403

Pela segunda rodada da Copa do Nordeste, o CRB conquistou mais uma vitória nesta quinta-feira (1º) e está isolado na liderança do Grupo A, com seis pontos, ao derrotar o Confiança de Sergipe por 3 a 1, com gols de Flávio Boaventura, Neto Baiano e Edson Ratinho.

No primeiro tempo, o CRB criou as melhores chances, enquanto o Confiança jogou mais da defensiva. Sem conseguir furar o bloquei sergipano, o Galo abriu o placar aos dois minutos da etapa complementar, de pênalti. Após Vitor Pio tocar com o braço a bola dentro da área, Marcão cobrou e Givanildo defendeu. No rebote, Flávio Boaventura completou: 1 a 0.

Seguindo a pressão, o CRB ampliou aos 25 minutos após Edson Ratinho dar assistência para Neto Baiano marcar de cabeça. Cinco minutos depois, após bola disputada no alto, Klenisson chutou na diagonal e descontou para o Confiança. O jogo seguiu movimentado até o apito final, e o Galo fechou a conta aos 47 minutos, com gol de Edson Ratinho. Com o resultado, o time sergipano segue com um ponto, na terceira posição do Grupo A.

Na próxima rodada, o Confiança recebe o Treze-PB, no dia 15, em Aracaju, enquanto o CRB visita o Santa Cruz, dia 20, em Recife.

Vitória – Também jogando nesta quinta-feira, o Vitória somou mais três pontos pelo Grupo B da Copa do Nordeste. No Barradão, o Leão derrotou o Ferroviário-CE por 4 a 1 e assumiu a liderança da chave. O time cearense, que ainda não pontuou, está na terceira posição.

O triunfo do time da casa começou a ser construído aos sete minutos do primeiro tempo. Após cobrança de escanteio, Kanu subiu com muita segurança e abriu o placar para o Vitória. Depois, o Leão seguiu dominando as ações, sem dar espaço ao Ferroviário.

Na volta do intervalo, logo aos quatro minutos, Kanu marcou o segundo, novamente após cobrança de escanteio. Aos 25, o Ferroviário arrancou em contra-ataque com Andrei, que driblou dois e finalizou com perfeição. Dois minutos depois, o Leão marcou o terceiro com Rhayner. Aos 34 foi a vez de Neilton deixar o seu e fechar o placar: 4 a 1.

(Com dados da CBF e foto de Douglas Araújo/Ascom CRB)

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação