Danilo está afastado da Copa e Fernandinho entra no lugar de Casemiro

0
560

MARCELO BRANDÃO

O treinador da Seleção Brasileira definiu o time que enfrentará a Bélgica nesta sexta-feira (06), às 15h, na Arena Kazan, na decisão para saber quem passa para as semifinais da Copa do Mundo. Tite informou que Fernandinho é o substituto de Casemiro, que ficou fora da partida para cumprir punição disciplinar por ter recebido dois cartões amarelos, conforme prevê o regulamento da competição.

Fernandinho formará o meio de campo com Paulinho, Willian e Phillipe Coutinho. O lateral-esquerdo Marcelo volta também à equipe. Ele não joga desde a partida contra a Sérvia, na última rodada da primeira fase. Marcelo havia sofrido um espasmo na musculatura da coluna no início do jogo contra a Sérvia, na última rodada da primeira fase. Acabou substituído por Filipe Luís, que manteve a titularidade contra o México.

“Falei com o Marcelo e com o Filipe Luís. Marcelo saiu por um problema clínico e não voltou [contra o México] por um problema físico. Filipe jogou muito nos dois jogos. Competem os dois, [mas] por critério volta o Marcelo”, disse Tite na tradicional entrevista à imprensa no dia anterior ao jogo. O treinador anunciou também que o zagueiro Miranda será o capitão da seleção contra a Bélgica e que nas demais posições o time continuará o mesmo.

Tite explicou que Filipe Luís entrou bem no time, reforçando, sobretudo, o sistema defensivo; Marcelo tem uma característica ofensiva, apoia mais o Neymar pelo lado esquerdo do ataque do Brasil, mas tende a deixar mais espaços na defesa pelo mesmo lado do campo.

O treinador brasileiro mostrou respeito pela seleção belga, destacando que é um time de qualidade e só durante a partida saberá se o melhor do Brasil vai superar ou não o melhor da Bélgica. “O que eu busco com os atletas é manter e crescer. E aí você fica com a sensação de ter feito o seu melhor. Se o seu máximo vai ser superior ao do outro, é uma situação do jogo. Todos os atletas que entraram jogaram bem. Isso fortalece a equipe. Mas não é o suficiente para dizer que vamos vencer porque do outro lado tem qualidade também”, disse.

Técnico Tite durante treino da seleção brasileira
Técnico Tite durante treino da seleção brasileira – Lucas Figueiredo/CBF/Direitos Reservados
Inimigos íntimos – A partida de amanhã marcará o duelo entre vários companheiros de time. Fernandinho, que entra como titular pela primeira vez nesta Copa, e Gabriel Jesus, vão encarar De Bruyne e Kompany, com quem venceram o campeonato inglês pelo Manchester City na última temporada. Já Willian e Hazard jogam juntos no Chelsea, também da Inglaterra, e Neymar e Meunier são companheiros de Paris Saint-Germain.
“Eu não sei como pará-lo. Ele é muito imprevisível”, disse o belga sobre Neymar. “Farei o meu melhor. Eu sei que temos uma chance, mas também sei que é muito difícil pará-los
como um todo, não só Neymar”, completou Meunier.

 

Lesionado – O lateral-direito Danilo se lesionou novamente e não joga mais pela Seleção Brasileira na Copa do Mundo. De acordo com a CBF, ele sofreu uma lesão ligamentar no tornozelo esquerdo após entorse sofrido no treino desta quinta, em Kazan.

Em nota, a CBF explicou que a recuperação da lesão não ocorrerá a tempo de aproveitar o jogador ainda durante a Copa, mesmo que o Brasil chegue à final. Danilo, no entanto, pediu para continuar com o grupo até o fim do torneio.

“Acompanhado do médico da Seleção Brasileira, Rodrigo Lasmar, o jogador realizou exames de imagem que confirmaram a lesão e não tem tempo suficiente para recuperação no período de disputa da Copa do Mundo. Em conversa com a comissão técnica, Danilo pediu e permanecerá com o elenco. Ele iniciou hoje mesmo o tratamento com o Departamento Médico da Seleção”, informou a CBF.

Danilo começou a Copa do Mundo como titular, mas uma lesão no quadril o deixou fora do time a partir do segundo jogo, contra a Costa Rica. Na partida de oitavas-de-final, contra o México, ele já estava recuperado e ficou à disposição de Tite no banco de reservas. A lesão sofrida nesta quinta, no entanto, decreta o fim de sua participação no torneio.

Fagner é o único lateral-direito de origem que Tite tem à disposição. Porém, o zagueiro reserva Marquinhos já atuou na posição diversas vezes no Paris Saint-Germain, clube que defende, e, se for necessário, poderá jogar como lateral.

(Da Agência Brasil e fotos de Lucas Figueiredo/CBF)

 

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação