De virada, Corinthians goleia o Vasco por 4 a 1 e Palmeiras derrota o Paraná por 3 a 0

0
495

Na manhã deste domingo (29), Corinthians e Palmeiras venceram suas partidas pelo Campeonato Brasileiro da Série A e se credenciaram à Copa Libertadores. No Mané Garrincha, em Brasília (D), o Timão venceu o Vasco por 4 a 1, de virada, e encostou no pelotão de cima da tabela de classificação. Com 25 pontos, o time paulista ocupa a sétima posição. Com 19 e dois jogos a menos, o Cruzmaltino segue na 11ª colocação.

O Vasco controlou as ações na primeira etapa. Com maior volume de jogo, o time carioca criou as principais chances de gol. O Corinthians chegou a acertar o travessão com Danilo Avelar, mas foi o Cruzmaltino que balançou as redes. Aos 45 minutos, Yago Pikachu foi derrubado na área, cobrou a penalidade e abriu o placar, 1 a 0.

Na volta do intervalo, o Corinthians reagiu e alcançou a virada com dois gols de Romero. Aos três minutos, o atacante recebeu de Jadson e finalizou para empatar, 1 a 1. Aos 11, o camisa 11 aproveitou cruzamento de Pedrinho e desviou para marcar o segundo, 2 a 1. Aos 33, o Timão ampliou com Jadson, de pênalti. Na reta final, Romero coroou a atuação com o terceiro gol dele e deu números finais ao jogo: 4 a 1.

Comemoração dos jogadores em Palmeiras 3 x 0 Paraná

Verdão – O Palmeiras superou o Paraná por 3 a 0 na Arena Palmeiras, em São Paulo (SP). Com a vitória, o time paulista alcançou a quarta posição com 26 pontos ao ultrapassar Cruzeiro-MG, Internacional-RS e Grêmio-RS. Já o tricolor paranaense segue na zona de rebaixamento com 13 pontos.

Com dois gols de Bruno Henrique, o Palmeiras foi para o intervalo com a vitória parcial. Aos 16 minutos, o meia recebeu de Willian e soltou a bomba para abrir o placar. Aos 40, o capitão pegou o rebote do goleiro e ampliou a vantagem alviverde.

No segundo tempo, o Paraná tentou responder logo aos cinco minutos. Após cobrança de falta, Leandro Vilela, de cabeça, levou perigo. Aos 11, foi a vez de Silvinho assustar o goleiro Weverton, que viu a bola explodir na trave. O Palmeiras esfriou a reação paranaense aos 32 minutos. De primeira, Lucas Lima pegou a sobra e, de fora da área, marcou um golaço para fechar o marcador: 3 a 0.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação