De virada, Flamengo vence Junior Barranquilha e tem vantagem do empate no jogo da volta

0
610

O Flamengo precisou se reinventar em campo para sair do Maracanã, na noite desta quinta-feira (23), com a vitória na primeira partida da semifinal da Copa Conmebol Sul-Americana.  O adversário, Junior Barranquilla, achou um gol no primeiro tempo, viu o goleiro Diego Alves sair machucado e poderia sair do Rio com a vantagem para o próximo confronto.

Os gols da virada vieram com dois gols de jogadores criados na base, Juan e Felipe Vizeu, e o Flamengo ganhou por 2 a 1 e agora sai na frente, podendo empatar na partida de volta, em Barraquilla (Colômbia), na próxima quinta (30), para fazer a final com Libertad (Paraguai) o Independiente (Argentina).

A partida seguiu equilibrada, com os dois times se estudando e procurando a melhor oportunidade. Quem teve a primeira boa chance foi o Flamengo. Mancuello recebeu de Trauco pela esquerda e soltou a bomba, mas a bola bateu na rede pelo lado de fora.

Mas, aos 16, o primeiro revés. Yony González entrou cara a cara com Diego Alves e se chocou violentamente com o goleiro. O camisa 24 foi atendido no campo, mas nao aguentou as dores e saiu para a entrada de Muralha. Apenas um minuto depois, o segundo revés. Gutiérrez desceu pela esquerda e cruzou para Teo Gutiérrez no meio da área, que fez o gol colombiano.

Virada – No segundo tempo, aos 22, a melhor chance até então. Após escanteio, Réver subiu mais alto que toda a zaga colombiana e cabeceou forte para grande defesa do goleiro Viera, mas foi numa cobrança de escanteio que Juan apareceu e cabeceou de forma indefensável para o goleiro, empatando o jogo.

Depois do empate, veio um golaço daqueles de sair do estádio, pagar outro ingresso e voltar. Trauco cruzou, Arão ajeitou e Vizeu encheu o pé, de primeira, no ângulo, para explodir o Maracanã.

O Junior Barranquilla tentou desesperadamente se lançar ao ataque, mas o Flamengo controlava a partida e quase ampliou, com Vinicius Junior, perto do apagar das luzes. O árbitro ainda ajudou ao terminar  o jogo em cobrança de escanteio para o Mengão, mas o resultado, com o apoio da torcida e na raça, mais uma vez, estava garantido.

(Com dados e imagens do Flamengo)

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação