Deputados são ameaçados de perder mandatos, por falta de decoro

0
520

O ambiente não é dos melhores na Assembleia Legislativa, onde pelo menos quatro deputados estão com a corda no pescoço e podem perder seus mandatos. Dois deles já estão identificados – Cabo Campos (DEM) e Levi Pontes (PCdoB) – e os outros ainda não tiveram os nomes revelados, mas o presidente da Comissão de Ética e Decoro Parlamentar, Rogério Cafeteira (PSB), garante que, se receber as denúncias, todos serão julgados dentro dos rigores do regimento interno e das leis.

Cabo Campos está na mira dos colegas de parlamento após denúncia de agressão física contra sua esposa, Maria Campos, e o deputado Levi Pontes por ter sido flagrado num áudio em que mostra interferência em assuntos de Estado, já que condicionava a continuidade do contrato de manutenção da UPA de Chapadinha ao apoio eleitoral que recebesse do prefeito Magno Bacelar, reivindicação esta que, segundo ele, estaria de acordo e com orientação tanto do governador Flávio Dino (PCdoB) quanto do secretário de Saúde, Carlos Lula.

Os outros deputados foram citados, também em áudio, em que o ex-vice-prefeito de São Mateus Rogério Garcia os menciona, sem citar os nomes, como colaboradores das ações da quadrilha de contrabando desvendada pelo secretário de Segurança, Jefferson Portela. LEIA MAIS.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação