Dia da Menina é comemorado em São Luís com uma vasta programação

0
885

O Dia Internacional da Menina chega a sua sexta comemoração nesta quarta-feira (11), data tem como objetivo promover uma maior consciência da sociedade acerca da desigualdade de gênero e os problemas que afetam globalmente a vida das meninas, e foi estabelecido em 2012 pela ONU após atuação incisiva da Plan International. Em celebração ao Dia Internacional da Menina, a cidade de São Luís será marcada por atividades da ação #MeninasOcupam durante o mês de outubro.

A ação #MeninasOcupam, que faz parte do movimento global “Por Ser Menina” tem como objetivo chamar atenção da população e do poder público, visando a igualdade de gênero desde a primeira infância, promovendo o desenvolvimento integral de meninos e meninas, assegurando o exercício dos seus direitos – e contribuindo para uma realidade com maior igualdade de gênero, redução dos índices de violências, pobreza, casamento infantil, gravidez precoce, evasão escolar entre tantas outras realidades.

Nesta segunda-feira (09), a Secretaria de Estado da Mulher será ocupada pelas meninas de Espaços do Governo Estadual para um Seminário Estadual de Mulheres Trabalhadoras Rurais.

Na terça-feira (10), a Câmara de Vereadores de São Luís será palco da “Sessão Especial: Junte-se a elas e Lute com elas” e Ocupação da Presidência da Câmara e do cargo de vereadoras. 20 meninas estarão nas posições de vereadoras e irão simular uma sessão onde irão apresentar as propostas acerca dos problemas que as afetam. A plateia será composta por 15 meninas do Projeto de Liderança que no mesmo dia fará a visita à Câmara. Uma menina assumirá a Presidência da Câmara e o papel de vereadora.

Na quarta-feira (11),  a “Ocupação pelas Meninas dos Espaços do Poder do Governo do Estado do Maranhão e Ministério Público” serão ocupados:

  • O Governo do Estado do Maranhão
  • Secretaria de Estado da Mulher
  • A Secretaria de Estado da Educação
  • Secretaria de Direitos Humanos e Participação Popular
  • Secretaria do Estado da Saúde
  • Secretaria de Estado da Juventude
  • Fundação da Criança e do Adolescente
  • Secretaria de Estado Extraordinário de Articulação para as políticas Públicas
  • Secretaria de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano
  • EMAP (Presidência e cinco diretorias)
  • Centro de Apoio Operacional da Infância e Juventude/ Ministério Público

Serão mais de 30 secretarias de municípios ocupadas:

No dia 19 de outubro será realizada uma ocupação da coordenadoria da Mulher do Município de São Luís, a ocupação será realizada durante o evento Cine Direitos Humanos que tem por temática o Gênero.

No dia 26 de outubro será realizada uma Ocupação pelas Meninas dos Espaços do Poder do Executivo Municipal de São Luís.

Serão ocupadas:

  • Prefeitura de São Luís
  • Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social
  • Secretaria Municipal de Tecnologia e Informação
  • Coordenadoria Municipal de Juventude

Paralelamente será realizado o evento “Meninas participam da Plenária do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente”, na Casa dos Conselhos, reunião para que as meninas apresentem a situação das meninas do Maranhão. Elas irão participar de toda a reunião, discutindo as pautas de crianças e adolescentes para o Maranhão.

No dia 31 de outubro, será realizado o Festival “Junte-se a elas e lute com elas”, no Auditório Central da UFMA, com apresentação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e da publicação “As Meninas” por Viviana Santiago, da Plan International Brasil, duas meninas socializando a experiência das Ocupações e apresentações artísticas e culturais dos grupos dos projetos.

Sobre a Plan – A Plan International é uma organização não-governamental de origem inglesa ativa há 76 anos e presente em 69 países. No Brasil desde 1997, a Plan possui, hoje, mais de 20 projetos que atendem, aproximadamente, 75 mil crianças e adolescentes. Sem qualquer vinculação política ou religiosa e sem fins lucrativos, está voltada para a defesa dos direitos da infância, conforme expressos na Convenção dos Direitos da Criança, da Organização das Nações Unidas. Assim sendo, a organização trabalha em prol da proteção e contra a violência e abusos de todo tipo, contra a pobreza, a desigualdade e a degradação do meio ambiente e por uma boa alimentação, saúde e educação. A Plan parte do princípio de que assegurar o direito de crianças e adolescentes é um dever e não uma escolha. Para isso, capacita as comunidades a fazer valer esses direitos. Mais informações sobre a Plan Brasil em www.plan.org.br.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação