Diretores da Cibra anunciam investimento de R$ 250 milhões em fábrica de fertilizantes em São Luís

198
O coordenador de projetos, Cristiano Alves, e o líder de planejamento, Caio Laterza, da Cibra, anunciam investimento em São Luís

Empresa é voltada para atender o agronegócio

Com um investimento de R$ 250 milhões, a Companhia Brasileira de Fertilizantes (Cibra) vai investir na construção, em São Luís, de uma das mais modernas indústrias de fertilizantes do país. O empreendimento foi confirmado nesta segunda-feira (21), por Cristiano Alves (coordenador de projetos) e Caio Laterza (líder de planejamento).

Os dirigentes da Cibra estavam acompanhados dos executivos Wanderson Mendes e Ana Paula De Déa, da Intrading Global, empresa especializada em negócios internacionais, atuante em todas as etapas do processo de importação e exportação.

Eles foram recepcionados pelo vice-presidente da Fiema e presidente do Centro das Indústrias do Maranhão (Cimar), Cláudio Azevedo, e participaram da reunião também o superintendente da entidade, César Miranda; o assessor do Programa de Desenvolvimento de Fornecedores do Maranhão (PDF-MA), Jailson Sousa, e o gestor do Cimar, Daniel Ribeiro.

Segundo Cristiano, a nova unidade da Cibra será construída na região do Porto do Itaqui. A unidade terá tecnologia de ponta e capacidade para a produção de 800 mil toneladas/ano de produtos com previsão do início das operações no primeiro trimestre de 2024.

De acordo com o diretor da Cibra, durante a construção da sede na capital maranhense, serão gerados em torno de 500 postos de trabalho. “Uma vez inaugurada, a unidade vai gerar cerca de 300 postos de trabalho diretos e indiretos”, disse Cristiano Alves.

“A Fiema e o Cimar reafirmam seu apoio a Cibra e a missão na preservação dos interesses gerais da indústria e de seus associados, para fomentarmos discussões, debates, levando até as autoridades competentes temas de interesse das classes produtoras, para alavancar o desenvolvimento econômico do estado”, afirmou Cláudio Azevedo.

O superintendente da Fiema, César Miranda, ofertou o suporte e a expertise dos serviços das entidades que compõe a Federação das Indústrias no Maranhão (Sesi, Senai e IEL) para as necessidades que surgirem durante a implantação da Cibra no estado, além do apoio do Programa de Desenvolvimento de Fornecedores – PDF-MA, que conta, atualmente, com 2.600 empresas cadastradas com a geração de mais de R$ 1 bilhão em valor de oportunidades entre os fornecedores maranhenses nos últimos cinco anos.

“Vamos oferecer a nossa assistência à Cibra como agente proativo que somos de transformações da indústria do Maranhão para que a empresa possa se instalar em nosso estado e enriquecer a competitividade do setor industrial maranhense”, destacou Miranda.

Cibra destina R$ 80 mi a nova fábrica de fertilizantes em MT - Revista  Minérios e Minerales

Cibra – A empresa que cresce há quase 30 anos junto com o agro brasileiro e tem como sócios a Omimex, um grupo americano altamente capitalizado, e a Anglo American, de origem britânica, uma das maiores empresas de mineração do mundo.

A Cibra é uma das maiores empresas de fertilizantes do Brasil com operações de produção, importação e distribuição.

A unidade de São Luís usará tecnologia de ponta, com pontes rolantes e automação total do processo de ensaque, o que permitirá produção mais rápida, segura e eficaz. A empresa prevê a utilização de energia fotovoltaica e captação e utilização de águas pluviais em alinhamento com a sua Governança Socioambiental. Esta nova unidade se junta a outros projetos em andamento, em que já foram investidos R$ 400 milhões até 2022. O plano de expansão completo deve atingir um investimento total de R$ 1,5 bilhão até 2026.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui