Dois argentinos e um paraguaio garantem vaga na fase de mata-mata da Copa Libertadores

0
414

Duas equipes argentinas – River Plate e Racing – e uma paraguaia – Libertad – garantiram nesta quinta-feira (03) vaga para as oitavas de final da Copa Libertadores. O Ríver é o primeiro classificado no Grupo D, onde está o Flamengo Flamengo, enquanto o Racing lidera a chave que tem Cruzeiro e Vasco.

Em Bogotá, o Independiente Santa Fe foi derrotado por 1 a 0 pelo Ríver, com gol de Lucas Pratto, ex-jogador do São Paulo e do Atlético Mineiro, que acertou, aos 24 minutos do primeiro tempo, um chute rasteiro no canto esquerdo do goleiro colombiano e marcou o único gol da partida,

O time argentino chegou a 11 pontos e abriu boa vantagem de cinco pontos sobre o Flamengo, segundo colocado. A equipe brasileira soma seis e ainda nesta rodada contra o Emelec, no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), daqui a duas semanas. O rubro negro tem chance de ser o primeiro do grupo, se vencer os dois jogos restantes e o River tropeçar na última rodada.

Em terceiro lugar, com quatro pontos, o Independiente Santa Fe ainda tem chances de classificação, mas o lanterna Emelec, com apenas um ponto, não tem qualquer chance de ir às oitavas de final.

Pelo Grupo C, o Libertad garantiu nas oitavas de final ao derrotar o The Strongest por 3 a 1, em La Paz (Bolívia), nesta quinta-feira (03), embora precisasse de apenas um empate para selar a vaga no mata-mata.

O Libertad abriu o placar com gol de Oscar Cardozo aos 22 minutos do primeiro tempo e os bolivianos empataram aos três do segundo tempo, com Raul Castro. Aos 41 minutos os paraguaios decretaram a vitória, com Antonio Bareiro e Oscar Cardozo marcou mais um, nos acréscimos, desta vez de pênalti.

O time paraguaio chegou aos 12 pontos e se isolou na liderança da chave. O Atlético Tucumán tem nove e ocupa o segundo lugar, enquanto o Peñarol é o terceiro colocado, com seis pontos. O The Strongest é quarto e último e agora só tem chances de sonhar com a terceira posição para ir à Copa Sul-Americana.

O Racing venceu a Universidad de Chile por 1 a 0 nesta quinta-feira no estádio El Cilindro, em Buenos Aires, e garantiu vaga à próxima fase da Libertadores. O time argentino é o líder isolado do Grupo E, com 11 pontos, chave que conta com os clubes brasileiros Cruzeiro e Vasco.

A equipe mineira, no entanto, também está em boa situação, em segundo lugar, com oito pontos, e dependendo apenas de suas forças para terminar a primeira fase na liderança do grupo. Para isso, precisa de uma vitória simples contra o Racing, no dia 22, no estádio do Mineirão.

O Vasco, já eliminado, fecha sua participação no torneio no mesmo dia, em duelo contra a Universidad de Chile, fora de casa. O time chileno tem cinco pontos e possui chances remotas de avançar, pois tem saldo de gols muito inferior ao Cruzeiro (-6 a 9).

A vitória do Racing veio com um gol aos 35 minutos do segundo tempo. Donatti recebeu fora da área e bateu rasteiro. A bola ainda tocou na trave antes de entrar. Com a vitória, a equipe argentina se junta a Palmeiras e Santos, que também já confirmaram de maneira antecipada a vaga para a próxima fase.

(Com dados do Futebol do Interior e fotos do Olé)

Confira os resultados da 5ª rodada
Real Garcilaso (PER)
0
x
0
Estudiantes (ARG)
Nacional (URU)
1
xVeja mais informações sobre o jogo
0
Santos
Atlético Tucumán (ARG)
1
x
0
Peñarol (URU)
Junior (COL)
1
x
1
Boca Juniors (ARG)
Vasco
0
x
4
Cruzeiro
Racing Club (ARG)
1
x
0
Universidad (CHI)
The Strongest (BOL)
1
x
3
Libertad (PAR)
Santa Fe (COL)
0
x
1
River Plate (ARG)
Alianza Lima (PER)
1
xVeja mais informações sobre o jogo
3
Palmeiras
Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação