Duarte Júnior assina carta compromisso em defesa do meio ambiente dos animais

1
333
A ativista Janicelma Fernandes e Duarte dão as mãos em ato a favor do meio ambiente (foto divulgação)

Dentre as propostas está criação do hospital veterinário

 O candidato a prefeito de São Luís pelo Republicanos, Duarte Júnior, assinou, neste domingo (22), uma carta-compromisso em prol do meio ambiente que visa a garantir inicialmente 10 ações efetivas para a área. Entre as iniciativas que devem ser implantadas se eleito, está a despoluição das praias e rios, garantia de educação ambiental nas escolas, expansão dos Ecopontos, utilização de paradas sustentáveis, lâmpadas mais econômicas, entre outras.

Ele também se comprometeu com a criação de um hospital veterinário público, o que seria uma ação inédita na capital que contribuiria para evitar a grande quantidade de abandonos, principalmente de cães e gatos. Cerca de 15 mil animais vivem em situação de abandono em vias, praças e feiras de São Luís. 

“São ações que nós vamos fazer. Eu tive oportunidade de visitar Florianópolis, e aprendi muito lá: como tirar dinheiro do lixo, garantir oportunidades, por meio de uma coleta adequada, fazer com que a nossa São Luís seja uma cidade lixo zero. E eu não poderia deixar de registrar, com o Duarte na prefeitura, vamos ter o primeiro hospital veterinário público de São Luís”, garantiu o republicano.

O evento aconteceu na Praça do Pescador, na Avenida Litorânea, e contou com a participação de diversas lideranças políticas que declararam apoio a ele neste segundo turno.

Confira todos os itens da carta-compromisso assinada por Duarte em prol do meio ambiente:                              

  1. Cuidar dos animais com respeito aos direitos previstos nas leis. Para isso, criarei o hospital veterinário municipal.
  2. Estimular programas de educação e conscientização ambiental nas escolas municipais e demais instituições da sociedade.
  3. Implementar o Plano Municipal de Resíduos Sólidos e implantar a gestão integrada de resíduos.
  4. Expandir e melhorar os “Ecopontos”, além de implantar programas de apoio aos catadores e empresas que trabalham com reciclagem de resíduos sólidos.
  5. Ajudar a limpar nossas praias e rios, poluídos há várias décadas. Fiscalizar a geração de resíduos sólidos e despejo de esgotos.
  6. Mapear pontos de despejo nos rios e realizar a adoção de sistema alternativo de tratamento de esgoto.
  7. Utilizar paradas de ônibus sustentáveis feitas de contêineres com jardins ou placas solares na parte superior.
  8. Criar o projeto selo de sustentabilidade para bares e restaurantes da praia.
  9. Realizar chamamento público para instalação de empresas de energia limpa (eólicas, solares), concedendo incentivos fiscais para instituições de ensino da rede particular que utilizarem energia limpa.
  10. Plantar árvores permanentemente e cuidar das que estão em áreas públicas.
Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.