Pesquisas divulgadas nesta sexta indicam que Bolsonaro lidera disputa presidencial contra Lula

487

Modalmais/Futura e Veritá dão vitória para o presidente 

Duas pesquisas divulgadas nesta sexta-feira (21) apresentam o presidente Jair Bolsonaro (PL) à frente do candidato do PT, Luiz Inácio Lula da Silva. Pelo levantamento da Modalmais/Futura, o atual presidente estaria na liderança com um ponto a mais que o adversário, e o Instituto Veritá diz que a vantagem pró Bolsonaro passa de dois pontos percentuais.

Segundo a pesquisa Modalmais/Futura, Bolsonaro tem 50,5% e Lula aparece com 49,5% das intenções, isto quando são considerados apenas os votos válidos, quando são excluídos brancos e nulos.

Nos votos totais, Bolsonaro tem 46,9% e Lula teria, 45,9%. Os que não sabiam responder ou que estão indecisos representavam 3,3% e os que votariam branco ou nulo 3,8%.

A pesquisa foi realizada pela Futura para o Banco Modal S/A. A amostra foi do tipo não probabilística com margem de erro de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos e confiabilidade de 95%.

Votos válidos

  • Bolsonaro (PL): 50,5%
  • Lula (PT): 49,5%

Votos totais

  • Bolsonaro (PL): 46,9% (alta de +0,4 ponto ante pesquisa anterior)
  • Lula (PT): 45,9% (queda de -1 ponto)
  • Não sabe, não respondeu ou indeciso: 3,3%
  • Branco/nulo: 3,8%.

Foram entrevistadas 2 mil pessoas entre os dias 17 e 19 de outubro. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número BR-08523/2022.

Verita – Na pesquisa Veritá, considerados apenas os votos válidos, o presidente Jair Bolsonaro lidera com 51,4%, enquanto o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem 48,6%.

Incluindo  também os votos não válidos, os candidatos estão tecnicamente empatados. Bolsonaro aparece com 47,5%, e Lula, 44,1%. Indecisos somam 7,5%. Votos nulos e em branco são 0,9%.

A pesquisa foi feita por iniciativa própria do instituto. Foram entrevistados 20.220 eleitores entre 17 e 20 de outubro de 2022. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos, e o nível de confiança é de 95%. O levantamento foi registrado no TSE sob o número BR-04043/2022.