Atlético e Coritiba recusam Globo e transmitem jogo pelo Youtube

0
592

O clássico Atlético e Coritibiba (Atletiba) deste domingo, às 17h, na Arena da Baixada, representará um marco no futebol brasileiro. Sem acordo com a Globo, os clubes se juntaram e irão realizar em conjunto a transmissão do confronto do fim de semana através do Youtube.

Eles classificaram como ‘absurda’ a oferta de em torno de R$ 1 milhão feita pela emissora carioca para fechar contrato de três anos e decidiram inovar e seguir o modelo que faz sucesso entre os europeus.

A iniciativa é inédita em uma competição de alto escalão no país. Apenas detalhes burocráticos se encontram em discussão para que o anúncio seja feito.

A transmissão pela dupla será feita a partir dos canais do Youtube dos dois, que contam com ao redor de 20 mil inscritos, cada um. Ela terá narrador, comentaristas e ainda repórteres de campo.

“Será, mesmo, via Youtube. É um novo modelo, excelente para cada um dos lados e estaremos fazendo essa experiência no clássico. É uma forma de amadurecer e desenvolver. É um modelo já utilizado com resultados positivos no exterior e que pode vir a ser atraente”, afirmou o presidente do Atlético-PR, Luiz Sallim Emed, ao ESPN.com.br. “Não é um produto exatamente explorado, mas uma tendência”, prosseguiu.

“Queremos fazer uma análise do que vai acontecer, a receptividade disso, haverá interatividade com os torcedores dos dois times. Será interessante. Um case a considerar”, concluiu.

Ainda não está definido se apenas os sócios de Atlético-PR e Coritiba terão acesso.
“É um assunto resolvido. A transmissão será feita e tivemos o cuidado de consultar a federação também antes disso”, disse o vice-presidente do Coritiba, Alceni Guerra.

“Não dava para ver a Globo pagar tanto pelo Gaúchão, Mineiro e outros estaduais e oferecer o que ofereceram para a gente. Não podemos diminuir a esse ponto, especialmente, se considerarmos que elevaram a fatia para eles e propuseram cortar aqui. Não existe isso”, finalizou.

Partes dos produtos comercializados nos pacotes de TV por cada um dos clubes, o pay-per-view e a internet são tidos como os mais promissores no mercado.O segundo, em especial, ainda não tem a devida atenção dos cartolas, a exemplo da venda de direitos de transmissão para o exterior.
ESPN

Compartilhe