Edilson Baldez participa, em Rio Branco, da 10ª Reunião da Ação Pró-Amazônia

0
120

Pró-Amazônia busca saídas para desenvolvimento de estados da região 

O presidente da Federação das Indústrias do Maranhão (Fiema), Edilson Baldez, participou, quarta-feira (1º), em Rio Branco (AC), da 10ª Reunião da Ação Pró-Amazônia, associação formada pelas federações das indústrias dos estados que compõem a Amazônia Legal. A reunião ocorreu na Federação das Indústrias do Estado do Acre (Fieac).

Criada em 1991, a Ação Pró-Amazônia tem como principal objetivo promover a integração das diretrizes e ações das federações associadas, visando o desenvolvimento socioeconômico da região. Também busca defender os interesses das federações junto à Confederação Nacional da Indústria (CNI), colaborando na discussão de projetos dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário e de outras entidades não-governamentais.

Atualmente, a Federação das Indústrias de Rondônia (Fiero) exerce a presidência da entidade. Fazem parte da Ação Pró-Amazônia as federações dos estados de Rondônia, Acre, Amazonas, Mato Grosso, Tocantins, Pará, Roraima, Amapá e Maranhão.

O governador do Acre, Gladson Cameli, também participou da reunião e destacou o desenvolvimento industrial e a integração entre os estados, aliado à preservação da Amazônia, são fundamentais para fortalecer o agronegócio, não há a necessidade de prejudicar as florestas e o meio ambiente.

“Dá para você preservar, dá para fazer um programa de governo voltado para o desenvolvimento e a geração de emprego com sustentabilidade”, afirmou.

Baldez (D) foi recebido pelos presidentes da Fieac, José Adriano Ribeiro, e da Fiero e da Ação Pró-Amazônia, Marcelo Thomé

Para o presidente da Fiero, a Ação Pró-Amazônia, Marcelo Thomé, a reunião marca os 30 anos da entidade e simboliza a força e a união das federações na agenda do desenvolvimento sustentável de toda a região.

“A presença de todas as federações e do governador na nossa reunião reforça o compromisso das federações com o desenvolvimento de toda a região e demonstra um olhar detalhado e atencioso para cada agenda”, ressaltou.

Edilson Baldez destacou o apoio que tem recebido da Confederação Nacional da Indústria no que diz respeito ao desenvolvimento do estado. “A expectativa para 2022 é muito grande, mas estamos com um projeto que se consolida com o apoio de todas as federações da Amazônia e do setor produtivo”, finalizou.

Além da reunião, Baldez visitou o Instituto SENAI de Tecnologia em Madeira e Móveis e participou da solenidade de outorga dos Prêmios Professor Samuel Benchimol e Banco da Amazônia de Empreendedorismo Consciente.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação