Eike Batista de volta dos EUA para se entregar à Justiça Brasileira

0
696

O empresário Eike Batista embarcou, na noite deste domingo, no aeroporto JFK, em Nova York (EUA), por volta das 21h45, de acordo com informações do jornal Folha de São Paulo. Ele não quis responder aos jornalistas que estavam presentes no local se iria se entregar, e se limitou a sorrir.

O ex-bilionário, considerado foragido pela Polícia Federal, foi reconhecido ao caminhar no terminal 8 do aeroporto, onde operam companhias aéreas com voos para o Brasil, com uma mala de mão.

Eike Batista é acusado de corrupção, lavagem de dinheiro e fraude em licitações de obras públicas no Rio de Janeiro, no âmbito da Operação Eficiência, a segunda etapa da Operação Lava Jato. De acordo com a investigação, o empresário teria pagado propinas ao ex-governador Sérgio Cabral.

Ex-bilionário foi reconhecido ao caminhar no terminal 8 do aeroporto de NY
Ex-bilionário foi reconhecido ao caminhar no terminal 8 do aeroporto de NY

 

Segundo informações do colunista Lauro Jardim, no O Globo, a defesa de Eike teria garantido, por escrito, que o ex-bilionário desembarcaria no Rio de Janeiro nesta segunda-feira (30), para ser preso, e não haveria qualquer acordo para uma prisão especial. Ele seria encaminhado a um presídio designado a presos que não têm formação universitária.

Após a PF cumprir mandado de prisão preventiva na quinta-feira (26) e não encontrar o empresário, foi descoberto que Eike havia viajado para Nova York na terça (24), o que levou a Polícia Federal a classificá-lo como foragido.

Eike é dono de um apartamento em Nova York, na esquina da Avenida Madison com a rua 61, ainda de acordo com o colunista Lauro Jardim.

(Do Jornal do Brasil)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação