Em apenas 24 horas, 67 infectados por covid-19 se recuperam no Maranhão, mas 21 foram a óbito

0
813

AQUILES EMIR

Nas últimas 24 horas, o Maranhão registrou a recuperação de 67 pessoas infectadas pelo covid-19 e neste mesmo intervalo de tempo, 21 pacientes faleceram. É o que revela boletim da Secretaria Estadual da Saúde (SES) divulgado na noite desta terça-feira (28), que eleva para 166 o número de óbitos.

De acordo com o balanço, o número de infectados, que, segunda-feira, era 2.528, subiu para 2.804, sendo que destes, 2.038 continuam ativos. Dos 6.889 testados, 4.099 foram descartados. O Maranhão tem ainda 7.232 suspeitos de terem contraído coronavirus.

Imagem

No Brasil, segundo o Ministério da Saúde houve novo recorde de mortes em um dia com 474 óbitos. O total mortes subiu para 5.017, aumento de 10,4%. O acréscimo mais alto até então havia sido na quinta-feira (23), quando foram contabilizados 407.

O Brasil, ainda de acordo com o Ministério, chegou a 71.886 pessoas infectadas. Nas últimas 24 horas foram adicionadas às estatísticas mais 5.385 casos, aumento de 8,1% em relação a ontem, quando foram registradas 66.501 pessoas nessa condição. Foi o segundo maior número em um dia, perdendo apenas para o sábado (25), quando foram acrescidos 5.514 novos casos ao balanço.

De acordo com o Ministério da Saúde, deste total, 34.325 estão em acompanhamento (48%) e 32.544 já foram recuperados, deixando de apresentar os sintomas da doença. Ainda são investigadas 1.156 mortes.

Quando os números do Governo Federal, os dados do Maranhão ainda não haviam sido atualizados. São Paulo se mantém como epicentro da pandemia no país, concentrando o maior número de falecimentos (2.049). O estado é seguido pelo Rio de Janeiro (738), Pernambuco (508), Ceará (403) e Amazonas (351).

Além disso, foram registradas mortes no Maranhão (aparece com 145, mas são 166), Pará (129), Bahia (86), Paraná (77), Minas Gerais (71), Espírito Santo (64), Paraíba (53), Rio Grande do Norte (48), Rio Grande do Sul (45), Santa Catarina (44), Alagoas (36), Distrito Federal (28), Amapá (28), Goiás (27), Piauí (21), Acre (16), Sergipe (11), Mato Grosso (11), Rondônia (11), Mato Grosso do Sul (nove), Roraima (seis) e Tocantins (dois).

A equipe do Ministério da Saúde não concedeu a habitual entrevista coletiva na qual apresenta as análises dos dados e comenta as medidas adotadas para conter a propagação do novo coronavírus no país.

(Com informações da Agência Brasil)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação