Na Academia Imperatrizense de Letras, Lourival Serejo apresenta Literatura no Espelho

0
177

Presidente do Tribunal de Justiça lança obra literária 

Poetas, profissionais de advocacia, jornalistas e magistrados – incluindo a corregedora e vice-presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargadora Angela Salazar, e o desembargador do TJMA, José Gonçalo Filho – prestigiaram o lançamento do livro “Literatura no Espelho” da lavra do desembargador Lourival Serejo, presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão.
O lançamento ocorreu na Academia Imperatrizense de Letras, da qual o desembargador Lourival Serejo é membro-fundador. Fundada em 27 de abril de 1991, a academia é presidida pelo escritor Trajano Neto. Seus membros são responsáveis por 70% de toda a publicação editada hoje na região tocantina.

“Literatura no Espelho” trata-se, na verdade, de um livro que fala sobre livros e divide-se entre ensaios, artigos literários sobre outros autores maranhenses, brasileiros e estrangeiros, além de breves resenhas bibliográficas.

“Ao leitor, a obra proporcionará uma visão sobre autores clássicos e modernos que, de alguma forma, me impressionaram”, pontuou o desembargador Lourival Serejo, membro da Academia Maranhense de Letras e da Academia Maranhense de Letras Jurídicas.

O livro vem acrescentar o rico acervo literário de Lourival Serejo que, em sua extensa carreira jurídica, fez do Direito e da Literatura faces da mesma moeda, unindo-as em sua trajetória como escritor e como jurista.

Ele mantém um contato diário com os livros e na produção de suas obras literárias coloca um pouco da sua vivência, suscitando reflexões diversas nos polos literários e jurídicos, presentes no horizonte de sua produção como autor.

Autor e obras – O desembargador Lourival Serejo ocupa a cadeira nº. 35 da Academia Maranhense de Letras e é membro fundador da Academia Maranhense de Letras Jurídicas, da Academia Imperatrizense de Letras e da Academia Vianense de Letras.

Lourival Serejo tem uma vasta produção jurídica e literária, incluindo Rua do Porto, O Presépio Queimado, Contribuições ao Estudo do Direito, Do Alto da Matriz, O Baile de São Gonçalo, Direito Constitucional da Família, As Provas Ilícitas no Direito de Família, Casa de Antônio Lobo, Na Casa de Clóvis Bevilácqua, A Família Partida ao Meio, Da Aldeia de Maracu à Vila de Viana, A Ética como Paradigma de Ativo Judicial, Formação do Juiz, anotações de uma experiência, Temas e Temáticas Jurídicas, Entre Viana e Viena, Pescador de Memórias, Aluísio Azevedo Sempre, Novos Diálogos de Direito de Família, Direito Constitucional da Família, Casablanca, entre outros.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui