Roseana diz que se for eleita governadora Maranhão volta a crescer

0
584

A candidata do MDB ao Governo do Estado, Roseana Sarney, cumpriu extensa agenda de campanha na Baixada Maranhense nesta quarta-feira (03) que foi encerrada com um comício em São Bento. Ela destacou em seus discursos que no seu governo o Maranhão crescia mais de 4% ao ano, com a realização de grandes obras que geraram 120 mil empregos diretos, atraiu R$ 100 bilhões de investimentos e qualificou 400 mil trabalhadores.

“Este governo que aí está acabou com o Primeiro Emprego e com os programas sociais, além de perseguir o povo. Eleita vou retomar todos esses projetos. Vamos a vitória no dia 07 para o Maranhão voltar a crescer”, afirmou Roseana. O ex-prefeito Filuca Mendes ressaltou a parceria que sempre teve com Roseana que muitos benefícios trouxeram para Pinheiro.

“Roseana é a melhor para o nosso estado e sempre se preocupou com Pinheiro”, disse Filuca. “Juntos com os senadores Sarney Filho e Lobão poderemos ajudá-la a levar o estado ao desenvolvimento e crescimento econômico”, completou Victor Mendes.

Em São Bento, ela voltou a lamentar a falta de preocupação do atual governo com os mais humildes. “O governo Flávio Dino prioriza a propaganda, pois já gastou cerca de R$ 250 milhões em publicidade. Dinheiro que é do povo e poderia ser usado para pagar o Viva-luz e os outros programas sociais”, afirmou Roseana.

O candidato a deputado estadual e liderança de São Bento, Isaac Dias Filho, fez um belo discurso defendendo o retorno de Roseana ao comando do Executivo estadual. “Não podemos esperar por mais quatro anos desse governo comunista. Precisamos da guerreira no comando para colocar o Maranhão nos trilhos de novo”, concluiu Isaac

Bequimão – Bequimão foi o ponto de partida para mais um dia de campanha cheio de carreatas e caminhadas.  Os candidatos da coligação “Maranhão Quer Mais”  iniciou o percurso na entrada da cidade, mas percorreram vários bairros do município seguidos por milhares de pessoas. O “Arrastão do 15” tomou as ruas da cidade.

O prefeito Zé Martins enfatizou no comício o diálogo que a gestão de Roseana sempre teve com os municípios. Ele lembrou que quando pediu que Bequimão entrasse na lista de hospitais de 20 leitos foi prontamente atendido sem sequer ser prefeito ainda. “Não há espaço para um governo autoritário e centralizador. Temos que voltar com quem governa para o povo. Roseana é essa pessoa”, afirmou o prefeito.

Roseana descreveu seu sentimento de decepção ao constatar que a propaganda do atual governo não condiz em nenhum aspecto com a realidade. Ela citou como exemplo uma obra no município de Bequimão.

“A ponte sobre o Rio Pericumã eu deixei licitada e empenhada. Esse governo comunista já pagou R$ 16 milhões e a ponte ainda nem chegou no rio. O dono da empresa que ganhou a licitação da obra foi preso em Tocantins pela Polícia Federal suspeito de desviar mais de R$ 200 milhões de obras de rodovias naquele Estado”, declarou Roseana.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação