Embrapa Cocais e Voa Maracanã promovem encontro sobre sistemas de hortaliças em São Luís

9

Participantes foram estimulados a produção hortaliças

Famílias que integram o projeto Voa Maracanã participaram, na última semana do mês passado, de um encontro promovido pela Embrapa Cocais com o objetivo de fomentar um planejamento estratégico com participantes do projeto. No dia 26 de junho, na sede do Instituto Formação no Maracanã, houve o encontro com moradores que já realizam o manejo de hortaliças em seus quintais, além de pessoas com interesse em dominar a prática de hortas caseiras.

Durante o encontro, os participantes foram estimulados a mapear as necessidades no contexto de sistemas de produção de hortaliças mais adequadas para a realidade local, levando em consideração as ameaças e as oportunidades envolvendo a sua situação.

Ao todo 30 pessoas participaram do momento que durou o dia todo e foi conduzido pelo analista de transferência de tecnologia da Embrapa Cocais Carlos Eugênio Vitoriano. De acordo com o analista, no primeiro momento, os participantes foram distribuídos em grupos para observarem seus quintais produtivos sob uma perspectiva mais técnica. No segundo momento, os grupos apresentaram a observação criteriosa que realizaram evidenciando as ameaças, as oportunidades e a descrição dos espaços de trabalho.

“O evento foi riquíssimo, o público se envolveu de forma participativa. Houve uma troca de informações, eles compartilharam experiências entre si. Houve discussão de assuntos de forma conjunta, apresentaram as hortaliças principais. Isso mostra um potencial tanto do contexto das ameaças como também das oportunidades, e com esse raio x de como estão pensando vamos traçar os nossos objetivos de como implantar, como fazer e como gerir a propriedade”, destaca Vitoriano.

Para Marline Angélica, moradora da Alegria Maracanã e participante do projeto, o encontro serviu de grande aprendizado. “Estou imensamente feliz de poder participar desse projeto Voa Maracanã, que veio para engrandecer nossa comunidade. Estarmos hoje aqui, com todos esses participantes, é uma oportunidade única, onde aprendemos muitas técnicas de como trabalhar no nosso quintal e construir as hortas caseiras. Espero que todos tenham aproveitado esse momento que nos foi concedido, eu agradeço muito a oportunidade, ao professor, e aos nossos colaboradores que foram nos convidar para participar do projeto”, conclui.

Voa Maracanã – A proposta tem como objetivo conectar 500 famílias em comunidades rurais do Maracanã e adjacências para que possam melhorar suas vidas de forma integral nos campos da educação, saúde, renda, nutrição, cultura e lazer.

Serão realizadas ações socioassistenciais, educativas e de inclusão produtiva, em articulação com a Prefeitura, outros órgãos governamentais e organizações da sociedade – contribuindo diretamente para que 500 famílias possam melhorar sua realidade com aplicação do método de Acompanhamento Familiar Multidimensional.

O projeto valorizará a produção local, apostando na troca entre o saber local e as tecnologias desenvolvidas por universidades e empresas de fomento, antenado com um modo mais orgânico de produção, que agregue o valor do processo e de ancestralidade, sem perder de vista as mudanças advindas da IV Revolução Industrial, que introduzem novas tecnologias na vida das pessoas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui