Embrapa promove vitrines tecnológicas na Agritec de Itapecuru-Mirim

0
555

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Cocais) participará da Agritec de Itapecuru-Mirim, quinta (26) e sexta-feira (27), com realização de mesas redondas e palestras, exposição de tecnologias e produtos da pesquisa, transferência de tecnologia, vitrines tecnológicas, minibibliotecas e outras atrações para o público participante. O evento é uma ação da Secretaria da Agricultura Familiar (SAF), Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (Agerp) e Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma).

Durante o evento, a Embrapa Cocais vai debater, dentre outros temas, Propagação rápida de manivas nos cultivos biofortificados, com o pesquisador José de Ribamar Veloso; Importância dos cultivos biofortificados: segurança alimentar e nutricional e Sistema alternativo integrado para produção de alimentos integrados com os cultivos biofortificados, com o chefe de transferência de tecnologia, Carlos Vitoriano; Sistema alternativo de criação de galinhas caipiras, com o analista Talmir Quinzeiro; Manejo do arroz de terras altas, irrigado e desenvolvimento de biofortificados, Manejo do arroz em sistema de sequeiro favorecido e biofortificado para baixada maranhense e Sistemas agrícolas consorciados para a agricultura familiar e desenvolvimento de biofortificados, com o analista Carlos Martins; e Uso do acervo das Minibibliotecas da Embrapa para formação de multiplicadores, com a analista Enila Nobre.

Segundo o chefe-adjunto de transferência de tecnologia da Embrapa Cocais, Carlos Vitoriano, a expectativa com o evento são as melhores possíveis. “Esperamos que a Feira tenha, como costumeiramente, muito sucesso de público, atrações, tecnologias, negócios e que a presença da pesquisa agropecuária deixe contribuição efetiva, que faça diferença para o produtor, especialmente o familiar, que é o grande alvo deste evento”.

Vitrines tecnológicas – Ações de natureza educativa também são parte da Agritec de Itapecuru, voltadas para produtores rurais, estudantes secundaristas e universitários, professores e crianças, adolescentes e jovens de escolas municipais e estaduais de Itapecuru-Mirim. Nas vitrines tecnológicas, os visitantes poderão conferir tecnologias da Embrapa: Sisteminha, cultivos biofortificados, arroz de terras altas e de sequeiro favorecido. Além disso, haverá demonstração das Minibibliotecas da Embrapa, iniciativa de incentivo à leitura e à inclusão produtiva no meio rural. Na ocasião, três Minibibliotecas serão cedidas a órgãos locais, a exemplo de escolas familiares rurais, entre outros. O Embrapa & Escola, programa que estimula o interesse pelo conhecimento científico em crianças e jovens, vai aproveitar as vitrines montadas, o acervo presente das Minibibliotecas e ainda o Teatro de Fantoches e as Rodas de Conversa da Agência estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão – AGED-MA para reforçar as ações educativas na Agritec. Saiba mais sobre o Embrapa Escola, as Minibibliotecas.

Números de sucesso – As Agritecs visitam todos os anos municípios maranhenses com o objetivo de desenvolver agricultura familiar e dar acesso dos produtores rurais ao conhecimento e às novas tecnologias para melhorar a produção, em quantidade e qualidade. Além disso, as feiras são um espaço reservado à divulgação e à comercialização dos produtos dos agricultores familiares e de acesso às instituições financeiras, entre outras oportunidades.

De 2015 a 2017, a Agritec já alcançou um público de mais de 150 mil pessoas em 175 municípios de dez territórios maranhenses. Foram movimentados cerca de R$ 15 milhões em investimentos e comercialização via contratos com instituições financeiras, levando um conjunto de ações para o desenvolvimento do setor rural, oferecidos pelo Governo do Maranhão. Ao todo, as Feiras já capacitaram cerca de 15 mil agricultores familiares.

 

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação