Vendas de veículos em 2022 no Maranhão tiveram aumento de 7,7%, e na capital queda foi de 3,7%

28

Motocicletas tiveram melhor desempenho de vendas

AQUILES EMIR

Os emplacamentos de veículos no Maranhão tiveram um aumento de 7,7% no ano passado na comparação com 2021, segundo dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). Foram 85.634 unidades de janeiro a dezembro do exercício passado contra 79.466 do anterior.

Apesar desse acumulado positivo, no último mês do ano passado houve uma queda nos emplacamentos. Foram 7.845 unidades emplacadas contra 7.904 de novembro, o que representou uma queda de 0,75%. Na comparação com dezembro de 2021, quando os emplacamentos somaram 7.502, houve um aumento de 4,57%.

Ao longo de 2022, o segmento que teve melhor desempenho no Maranhão foi o de motocicletas, que registrou aumento de 22,79% na comparação com 2021. Foram 45.481 unidades contra 45.184. Já o pior desempenho foi de ônibus, com queda 43,94%, isto é, 245 unidades emplacadas contra 437 em 2021.

Confira na tabela abaixo o desempenho dos emplacamentos no Maranhão em 2022:

Segmentos20222021Variação %
Dezembro
(A)
Novembro
(B)
Acumulado
(C)
Dezembro
(D)
Acumulado
(E)
(A/B)(A/D)(C/E)
Auto 1.649 1.511 17.929 1.987 21.649 9,13 -17,01 -17,18
Comercial Leve 789 632 6.393 661 7264 24,84 19,36 -11,99
(A+B) 2.438 2.143 24.322 2.648 28.913 13,77 -7,93 -15,88
Caminhão 214 137 2.064 161 1.943 56,20 32,92 6,23
Ônibus 27 19 245 85 437 42,11 -68,24 -43,94
(C+D) 241 156 2.309 246 2.380 54,49 -2,03 -2,98
Moto 4.797 5.293 55.481 4.419 45.184 -9,37 8,55 22,79
Implemento Rodoviário 228 147 1742 92 1.582 55,10 147,83 10,11
Outros 141 165 1.780 97 1.407 -14,55 45,36 26,51
TOTAL 7.845 7.904 85.634 7.502 79.466 -0,75 4,57 7,76

Capital – Já com relação à capital, houve uma queda de 3,73% na comparação de 2022 com 2021. Ano passado, foram emplacados na capital 20.279 veículos enquanto no exercício anterior tinham sido 21.065.

No mês de dezembro, foram emplacadas em São Luís 1.852 unidade contra 1.874 de novembro, ou seja, queda 1,17%. Já na comparação de com dezembro de 2021, quando, apesar das restrições impostas pelas medidas contra a pandemia, foram 1.946 emplacamentos, houve uma queda de 4,83%.

A exemplo do comportamento estadual, o segmento com melhor desempenho em 2022, em São Luís, também foi o de motos, com uma variação de 29,12%, e o pior foi o de ônibus (-61,56).

Confira na tabela abaixo a movimentação nos emplacamentos:

Segmentos20222021Variação %
Dezembro
(A)
Novembro
(B)
Acumulado
(C)
Dezembro
(D)
Acumulado
(E)
(A/B)(A/D)(C/E)
Auto 759 732 9146 1064 11278 3,69 -28,67 -18,90
Comercial Leve 309 268 2206 236 2466 15,30 30,93 -10,54
 (A+B) 1.068 1.000 11.352 1.300 13.744 6,80 -17,85 -17,40
 Caminhão 74 37 715 42 693 100,00 76,19 3,17
 (D)Ônibus 17 5 118 69 307 240,00 -75,36 -61,56
 (C+D) 91 42 833 111 1.000 116,67 -18,02 -16,70
Moto 626 757 7.316 490 5.666 -17,31 27,76 29,12
Implemento Rodoviário 44 40 505 29 394 10,00 51,72 28,17
 Outros 23 35 273 16 261 -34,29 43,75 4,60
 TOTAL 1.852 1.874 20.279 1.946 21.065 -1,17 -4,83 -3,73

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui