Empresário maranhense desenvolve programa de computador para gestão hospitalar

0
1198

AQUILES EMIR

O empresário Mariano Fonseca Marques, graduado em Engenharia Elétrica pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), vem se tornando uma referência no desenvolvimento de programas de computador para gerenciamento de consultórios, clínicas e hospitais. Em entrevista concedida à revista Maranhão Hoje de fevereiro, que está nas bancas, ele lembra da estabilidade trabalhista na Eletronorte, mas isto não o impediu de deixar de ser empregado para montar seu próprio negócio, nascendo assim a Engeplus (engenharia com algo mais).

Segundo Mariano Marques, a primeira experiência nessa área foi em 1989, quando ainda trabalhava para a estatal de energia elétrica e criou um sistema para manutenção de equipamentos em microcomputador, o que até então era feito apenas por grandes equipamentos, e isto lhe rendeu uma promoção, mas como a mudança de governo (saiu José Sarney e entrou Fernando Collor de Melo), começou um processo de desgaste das estatais, com cortes de vantagens dos funcionários, e ele sentiu que era o momento de procurar outro campo de trabalho, e a oportunidade apareceu quando foi convidado a desenvolver um programa para a clínica da odontóloga Luciana Dualibe. A partir daí foram surgindo outros contratos, dentre eles o do Hospital São Domingos, que considera o ponto de partida para estruturação da empresa.

Dos trabalhos que desenvolve, ele destaca o Sisac-Clin, pelo qual oferece soluções para gerenciamento de toda a parte operacional de uma clínica ou hospital, o que, no seu entendimento, dá segurança não apenas ao negócio, mas satisfação aos clientes, pois praticamente elimina o uso de papeis, inclusive resultados de exames, que podem ser disponibilizados eletronicamente, sem necessidade de retorno do paciente ao consultório apenas para mostrar laudo do laboratório. “É o que eu chamo de clínica sem papel”, resume ele.

Equipe da Engeplus, empresa especializada em programas de computador para o setor de saúde

Sem fila – Um dos grandes desafios a que está se propondo Mariano Marques é instalar na rede municipal de Saúde de São Luís um sistema que vai acabar com as desumanas filas no setor de marcação de consultas, e isto ele diz que será possível por um aplicativo que pode ser instalado num telefone celular, pelo qual pode-se pedir a marcação da consulta e receber a resposta eletronicamente sobre dia e local onde vai consultar o médico, acabando com o sofrimento de centenas de pessoas que todos os dias madrugam na porta da Central de Marcação para obter um senha que a levam a outra fila para marcar a consulta, depois outra demora para ser atendido.

Ele sabe que nem todos que necessitam desses serviços vão manusear o sistema, por falta de um simples aparelho ou mesmo por não dominar as ferramentas da tecnologia, porém como hoje em dia quase todas as pessoas estão conectadas via celular a redução das filas seria enorme, e acabaria com o constrangimento dos gestores municipais que sempre são cobrados a dar uma solução a esse problema.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação