Empresários da indústria retomam índice positivo de confiança no Maranhão em 2021

0
145

Pesquisa foi realizada com indústrias da construção civil, indústrias extrativas e
de transformação 

 O Índice de Confiança do Empresário da Indústria (ICEI-MA), estudo elaborado pela Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema) em parceria com a Confederação Nacional da Indústria (CNI), alcançou 55,90 pontos, em janeiro de 2021, com uma regressão de -12,52% pontos na comparação com o início do ano de 2020, o que reflete a incerteza face a pandemia. Ultrapassando a linha divisória dos 50 pontos, o índice deste mês aponta que o empresário do segmento começa a retomar a confiança na economia.

A exemplo do Nordeste (58,7 pontos) e do Brasil (60,90 pontos), que também apresentaram ICEI acima da casa dos 50 pontos, portanto com retomada de confiança. Na indústria maranhense o índice vem subindo desde junho de 2020, trata-se do quinto aumento consecutivo, após as fortes quedas registradas em maio de 2020.

O ICEI-MA, em janeiro, ficou 2,8 pontos abaixo do ICEI-NE e 5 pontos menor que o do Brasil, mas, em todos, a confiança é positiva. Já o índice da indústria geral maranhense regrediu 2,6 pontos em relação ao mês anterior, para o que muito contribuiu a construção civil.

Setores – Analisando os segmentos, o ICEI da indústria da construção civil manteve-se no patamar do mês anterior, 44,6%, o que demonstra ainda uma tímida confiança, mas abaixo da média de 50%. Esse valor registra uma elevação desde março de 2020, acima de sua média histórica, quando começou a pandemia.

Conclui-se que o cenário de negócios maranhense continua estagnado e sem otimismo para a construção. No entanto, mostra-se otimista para a indústria, de forma geral.

Expectativas– No que tange às expectativas para os próximos seis meses, os índices são favoráveis para a indústria geral, ultrapassando a linha dos 50 pontos, especialmente com relação à economia nacional e ao comportamento da empresa ao pontuar 63,3%. Quanto ao setor de construção, a expectativa para os próximos seis meses regrediu 18,9% em comparação ao mês anterior com 41,4 em janeiro.  O ponto de menor variação se refere às expectativas sobre o estado que, embora melhorando, não atinge a faixa de otimismo.

O ICEI é elaborado mensalmente e o índice é obtido a partir da ponderação dos resultados referentes às condições atuais e expectativas dos empresários em relação à economia brasileira, o Estado e a empresa. Em janeiro, foram entrevistados empresários de todo o Maranhão, dos setores da construção civil, indústrias extrativas e de transformação.

ATENDIMENTO À IMPRENSA

Coordenadoria de Comunicação e Eventos do Sistema FIEMA

Nina Mochel e Leonardo Sampaio

(98) 3212-1831 / 99151-7931

imprensa@fiema.org.br

 



(PT-BR) Esta mensagem pode conter informação confidencial ou privilegiada da FIEMA, SESI, SENAI ou IEL, sendo seu sigilo protegido por lei. Se você não for o destinatário ou a pessoa autorizada a receber esta mensagem, não pode usar, copiar ou divulgar as informações nela contidas ou tomar qualquer ação baseada nessas informações. Se você recebeu esta mensagem por engano, por favor, avise imediatamente ao remetente, respondendo o e-mail e em seguida apague-a. Agradecemos sua cooperação.

 

(EN) This message may contain confidential or privileged information of FIEMA, SESI, SENAI or IEL and it’s confidentiality is protected by law. If you are not the addressed or authorized person to receive this message, you must not use, copy, disclose or take any action based on it or any information herein. If you have received this message by mistake, please advise the sender immediately by replying the e-mail and then deleting it. Thank you for your cooperation.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação