Empresários sabatinam pré-candidato a presidente Ciro Gomes

0
665

Em mais uma edição do encontro com presidenciáveis, empresários maranhenses se reuniram, segunda-feira (16), com o pré-candidato à Presidência da República Ciro Gomes (PDT). O encontro, promovido pela Associação Comercial do Maranhão (ACM), Câmara dos Dirigentes Lojistas de São Luís (CDL), Federação do Comércio (Fecomércio) e Federação das Indústrias (Fiema), ocorreu no Grand São Luís Hotel, com participação de cerca de 200 pessoas. O prefeito de São Luís, Edvaldo Holanda Junior, também prestigiou o evento.

O presidenciável afirmou aos empresários que o Brasil está impedido de crescer e enumerou alguns entraves que precisam ser superados, entre eles, a desvalorização do câmbio e as altas taxas de juros, o atraso em relação à produtividade e tecnologia, além de defender uma reforma fiscal. “O Brasil tem um problema estrutural. Tínhamos um velho modelo, que era um modelo exitoso, mas esse modelo exauriu-se, e é preciso construir no lugar dele um projeto de desenvolvimento para o país, com começo, meio e fim”.

Ele respondeu a perguntas dos empresários sobre temas como infraestrutura, retomada do setor industrial, reforma trabalhista e fez alguns apontamentos, por exemplo, em relação à logística, defendendo a utilização de ferrovias e cabotagem para dividir o transporte de cargas no país. “Hoje, 70% da carga brasileira é transportada pelo modal rodoviário”. O pré-candidato citou ainda que o Brasil tem grandes reservas de petróleo, mas ainda compra diesel e gasolina do exterior. “Cadê as refinarias Premium do Ceará e do Maranhão?”, criticou.

Empresários – O vice-presidente da Fiema, Cláudio Azevedo, destacou que não existe nação rica com uma indústria pobre e destacou a importância de conhecer as propostas do pré-candidato para o Maranhão, que é um estado pobre, que precisa de emprego, assim como o plano de governo, caso eleito, para a retomada do crescimento do setor industrial. “Nós estamos aqui para ouvir e ao mesmo tempo para indagar e firmar compromisso com ele, saber dele como pretende ajudar o Maranhão a melhorar seus índices econômicos e sociais”.

Fernando Duailibe, vice-presidente para Assuntos de Economia e Finanças da ACM, ressaltou a oportunidade que a classe empresarial tem ao poder ouvir de perto as ideias dos pré-candidatos à Presidência da República. “Receber o pré-candidato Ciro Gomes em São Luís é criar um canal de diálogo entre ele e os empresários. Mesmo sendo uma entidade de classe apartidária, a ACM tem cumprido sua missão de representação da classe empresarial na esfera pública. Temos certeza que este momento é de grande importância na hora de definir quem iremos escolher para governar nosso país”, destacou.

O vice-presidente da Fecomércio, Antônio de Sousa Freitas, destacou a importância de realizar encontros empresariais com pré-candidatos à presidência da República. “Esse é o sexto encontro empresarial realizado pelas entidades empresariais, que vêm buscando trabalharem juntas para ampliar a representatividade da classe no estado. Esse espaço possibilita que o empresário conheça as propostas de gestão dos pré-candidatos que atendam as demandas do setor produtivo”, explicou.

Além de Ciro Gomes, as entidades empresariais já ouviram, em São Luís, os pré-candidatos Rodrigo Maia, Aldo Rebelo, Geraldo Alckmin, Jair Bolsonaro e João Amoêdo., deputado federal e ministro da Fazenda (governo Itamar Franco) e da Integração Nacional (no primeiro governo de Lula). Esta é a segunda vez que disputa a Presidência da República. A primeira foi em 2002, quando ficou em terceiro lugar na disputa.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação