Enem 2021: prazo para solicitar recurso de atendimento especializado termina nesta sexta-feira

0
126
Portrait of cheerful male student enjoying learning in coworking office using laptop computer for research,happy freelancer looking at camera during making project for remote job making notes

Candidatos com espectro autista poderão utilizar caneta com tinta colorida

Estudantes que necessitam de atendimento especial para fazer as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), mas que solicitaram atendimento especializado e tiveram pedido negado, podem pedir recurso até hoje (30). O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) vai reavaliar os casos com base nos novos comprovantes enviados pelos inscritos.

Gestantes, lactantes, idosos e pessoas em classe hospitalar, assim como pessoas com deficiência auditiva, surdez, cegueira, baixa visão, deficiência física, surdocegueira, discalculia, autismo, visão monocular, deficiência intelectual (mental), dislexia e déficit de atenção têm direito a receber atendimento especializado no Enem. Para isso, o participante precisa enviar documentos que comprovem a necessidade.

O período de solicitação de atendimento especial ocorreu entre 30 de junho e 14 de julho, sendo que o resultado foi divulgado no dia 23 de julho. Já o prazo para quem teve a solicitação negada pedir recurso começou em 26 de julho e termina hoje (30).

O estudante que teve pedido negado deve anexar novos documentos para comprovar a necessidade do atendimento, informar as condições que motivam a solicitação e inserir a documentação com nome completo e descrição do diagnóstico, além do código correspondente à Classificação Internacional de Doença (CID 10). Segundo o Inep, o documento precisa conter a assinatura e a identificação do profissional competente, com respectivo registro do Conselho Regional de Medicina (CRM), do Ministério da Saúde (RMS) ou de órgão avalizado. O resultado poderá ser consultado a partir de 4 de agosto.

Neste ano, o Enem Digital 2021 terá, pela primeira vez, atendimento especializado. Segundo o Inep, será disponibilizado tradutor-intérprete de Língua Brasileira de Sinais (Libras), prova com letra ampliada (fonte de tamanho 18 e com figuras ampliadas), prova com letra superampliada (fonte de tamanho 24 e com figuras ampliadas), prova com contraste, tempo adicional e sala de fácil acesso.

Outra novidade é que participantes do Enem impresso que solicitaram atendimento especializado para transtorno do espectro autista poderão utilizar caneta fabricada em material transparente com tinta colorida, para uso exclusivo em marcações no seu Caderno de Questões.

(Agência Educa Mais Brasil)

 

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação