Engenheiros e agrônomos elegem nesta sexta-feira nova diretoria do Crea-MA

0
1183

Será realizada nesta sexta-feira (14), das 09 às 19h, a eleição para a presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Maranhão (Crea-MA) e do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea) e para os cargos de diretor-geral e diretor administrativo da Mútua (Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea).

Em São Luís, a votação ocorrerá em seis urnas eletrônicas instaladas no Multicenter Sebrae, no bairro do Cohafuma, e no interior do Estado nas 15 inspetorias do órgão: Grajaú, Timon, Santa Inês, Presidente Dutra, Pinheiro, Pedreiras, Imperatriz, Codó, Chapadinha, Caxias, Barreirinhas, Barra do Corda, Balsas, Bacabal e Açailândia. O presidente atual é Cleudson Cunha, que vem sendo substituído interinamente, por Clóvis Filho.

Cleudson Oliveira (E) com Odineia Ribeiro e o candidato Berilo Macedo

Concorrem ao cargo de presidente do Crea-MA os engenheiros civis Antônio Vilson Silva Dias, Eufrásio Bezerra de Sousa Filho, Paulo Rogério Sousa Azevedo e Rogério Carlos Pereira Silva; o engenheiro eletricista Berilo Macedo da Silva (atual presidente do Sindicato dos Engenheiros); a engenheira agrônoma Rita de Cássia Neiva Cunha; e o engenheiro mecânico Walter Sousa Machado Júnior.

No início de novembro, gestores do Crea-MA apresentaram o relatório com a atual situação administrativa financeira do órgão aos candidatos. Uma das situações mais preocupantes é a dívida junto ao governo federal que estava impedindo os funcionários de terem os benefícios da Previdência Social.

De 2011 a 2014, o Crea devia mais de R$ 4.969.396,83 ao INSS, fora os débitos com FGTS,  fornecedores e outros. Esta dívida foi negociada em setembro e já foi paga a terceira das primeiras quatro parcelas no valor de R$ 93.176,00. Estão previstas ainda 145 no valor de R$ 23.515,00.

Resultado de imagem para eleição no crea-ma
Rita de Cássia Cunha é a única mulher que participa da eleição

O Crea-MA estava impedido ainda de receber recursos do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea) por possuir um débito, já negociado pela atual gestão, junto ao Conselho Federal de cerca de R$ 1.000.000,00 e também por não possuir as certidões negativas federais.

O presidente em exercício, Clovis Filho, diz que, dentre as várias ações executadas pelo Crea com recursos próprios, estão sendo realizadas as fiscalizações itinerantes em todo o Estado.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação