De pênalti, Marinho marca duas vezes na vitória do Santos sobre o Grêmio na Vila Belmiro

0
267

Com resultado, Peixe chegou a 12 jogos sem perder na temporada

Comandado por Marinho, autor de dois gols, o Santos ampliou a série invicta na temporada. Na tarde deste domingo (11), o time alvinegro derrotou o Grêmio, por 2 a 1, na Vila Belmiro, pela 15ª rodada do Brasileirão e chegou ao 12º jogo sem perder.

O bom momento se reflete também na classificação do Campeonato Brasileiro. A equipe do técnico Cuca chegou ao sexta lugar, com 24 pontos, empatado com o Fluminense, mas em desvantagem por ter uma vitória a menos (7 a 6). O Grêmio é apenas o 11ª com 17.

O Santos entrou disposto a buscar o resultado logo no começo. Aos dois minutos, Arthur Gomes teve a primeira chance, mas cabeceou para fora. Em seguida, aos 13, foi a vez de outro Menino da Vila desperdiçar. Kaio Jorge recebeu boa enfiada de Luan Peres e finalizou firme, para boa defesa de Vanderlei.

O gol não demorou a sair. Aos 17 minutos, Kaio Jorge tentou fazer o cruzamento e a bola explodiu no braço de Paulo Miranda. A arbitragem  marcou pênalti. Marinho foi para a bola e anotou um golaço, cavando na hora da batida, sem dar chances para Vanderlei.

O Grêmio até assustou o Santos na bola aérea com Thaciano e Diego Souza, mas foi o Santos quem seguiu mandando no duelo. Jean Mota arriscou de longe e a bola carimbou a trave. Ainda no primeiro tempo, Diego Pituca quase marcou um golaço em toque de letra.

Os visitantes começaram o segundo tempo assustando em finalização de Diego Souza, que passou tirando tinta da trave de João Paulo. Marinho respondeu à altura e, por pouco, quase ampliou. Jean Mota foi até a linha de fundo e cruzou rasteiro. O atacante santista chegou batendo de primeira e carimbou a trave de Vanderlei.

Aos poucos, o Santos perdeu o ímpeto e o Grêmio cresceu com as alterações feitas pelo técnico Renato Gaúcho. Desta forma, veio o empate. Em boa trama pela esqueda, a bola chegou para Pepê dentro da área. O atacante rolou para o meio e Diego Souza apareceu para finalizar com categoria, no cantinho de João Paulo, aos 27 minutos.

Em momento adverso no confronto, o Santos contou com boa jogada individual de Arthur Gomes, que pela esquerda, achou Marinho. O atacante tentou finalizar, mas foi impedido por David Braz. Após consulta ao VAR, a arbitragem assinalou pênalti. Marinho foi para bola e novamente não deu chances para Vanderlei, finalizando no canto direito do arqueiro. No último lance da partida, João Paulo fez boa defesa em chute de Maicon de fora da área para garantir a vitória santista.

O Santos volta a jogar contra o Atlético-GO, na próxima quarta-feira (14), às 20h30, na Vila Belmiro. Um pouco mais cedo, o Grêmio encara o Botafogo, em casa.

(Com informações da FPF e foto do Twitter oficial do Santos)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação