Sampaio recebe o Avaí, perde mais uma no Castelão e está fora do grupo de acesso à Série A

0
277

Time catarinense marca no primeiro tempo e não deixa o tricolor maranhense reagir

AQUILES EMIR

O que era temido ocorreu: o Sampaio Corrêa perdeu mais uma e casa e está fora do G4, grupo de acesso à Série A do Campeonato Brasileiros. No Estádio Castelão, em São Luís, o tricolor recebeu o Avaí, de Santa Catarina, e perdeu por 1 a 0, e caiu para a quinta posição.

O gol da partida foi marcado por Gastón Rodriguez, ainda na primeira metade do primeiro tempo. O Sampaio, apesar de maior volume de jogo, não conseguiu pontuar.

Ocupando o sétimo lugar da tabela, o time catarinense agora tem 43 pontos – apenas três atrás do quarto colocado. Já a Bolívia Querida, com 45, acabou descendo para a quinta posição e deixando o G-4.

Além da derrota, contribuiu para a saída do Sampaio do G4, a vitória do Cuiabá sobre o lanterna Oeste, mas a situação poderia ter sido bem pior se o Juventude se não tivesse tropeçado diante do Vitória, pois ocuparia o segundo lugar e ampliaria a diferença de pontos para os demais, e o CSA não tivesse empatado com o Cruzeiro, entraria no grupo de elite e empurraria o Sampaio para a sexta colocação.

O Cuiabá visitou o Oeste, na Arena Barueri, e garantiu três pontos. Com gols de Elton e Jenison, o Dourado venceu por 2 a 0 e entrou momentaneamente no G-4 da competição. Com 47 pontos, a equipe do Mato Grosso subiu para o terceiro lugar e, dependendo dos demais resultados, pode seguir na zona classificatória ao fim da rodada. O Oeste, com 16, permanece na última posição da tabela de classificação.

Tropreço – O Juventude até controlou a posse de bola durante o primeiro tempo, mas pouco fez no ataque. Do outro lado, o Vitória apostou nos contra-ataques. Estratégia que deu certo, aos 17 minutos, quando Thiago Lopes saiu em velocidade e deixou Léo Ceará na boa para bater para o fundo das redes: 1 a 0. Matheus Frizzo, aos 21, quase marcou o segundo do time da casa.

Minutos antes do intervalo, Vico criou mais duas chances para o Rubro-Negro. Na primeira tentativa, errou o alvo. Já na segunda, viu Marcelo Carné salvar os adversários. Com o triunfo em casa, o Vitória chegou aos 36 pontos e pulou momentaneamente para a 13ª posição. Já o Juventude tem 46 pontos e caiu para o quarto lugar.

Empate – O CSA teve a primeira chance do jogo em finalização de Nadson defendida por Fábio, aos sete e continua martelando até que Pedro Lucas abriu o placar aos 25 minutos: 1 a 0. Os visitantes ainda levaram perigo em mais duas oportunidades com Andrigo, aos 32, e Pimpão, aos 41. No segundo tempo, aos 11 minutos, Giovanni arriscou mais uma finalização, o goleiro azulino defendeu de novo, mas no rebote Sóbis não perdoou: 1 a 1. O resultado deixa o Cruzeiro momentaneamente na décima posição, com 39 pontos. Enquanto o CSA tem 45 e aparece na sexta colocação.

(Com informações da Agência Brasil e da CBF e foto de Polidoro Júnior/Twitter oficial do Avaí. Atualizada às 05h30. )

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação